VAR chega ao Carioca, mas FERJ sinaliza custo extra aos clubes para uso em todas as fases

O Campeonato Carioca estará de volta nesse final de semana, com uma novidade no regulamento: os jogos passarão a ter auxílio do árbitro de vídeo. A empresa responsável pelo processo será a Hawk-Eye, a mesma presente na Copa do Mundo de 2018. A FERJ bancará a tecnologia em 10 jogos decisivos do campeonato, mas sinalizou que, para contar com a novidade em todas as fases, os clubes precisarão ajudar com os custos operacionais. A informação é do portal GloboEsporte.com.

Apesar da animação gerada pelos participantes do torneio, nenhum clube se mostrou disposto a pagar pelo custo extra de cerca de R$ 25 mil por jogo para que o árbitro de vídeo esteja presente. O regulamento da competição, através  do inciso 2, apresenta uma ressalva ao uso do recurso nos estádios: “qualquer clube poderá solicitar, as suas expensas, que o VAR seja utilizado em sua partida, desde que a solicitação seja apresentada à COAF/RJ com antecedência mínima de 10 dias e o estádio que receberá a partida possua condições técnicas para utilização do VAR“, informou o regulamento.

Em contato com o Globo Esporte, o diretor de futebol do Flamengo, Carlos Noval, disse que irá avaliar junto aos dirigentes do clube a viabilidade da tecnologia e o custo extra a ser pago: “O Flamengo sempre foi a favor de ter o VAR, desde o ano passado. A gente sempre é a favor da melhoria do futebol, é algo positivo. Sobre o clube pagar, vamos ter que conversar internamente para ver se vale a pena“, disse Noval.

De acordo com a FERJ, cinco estádios estão aptos a receberem o VAR. São eles: Maracanã, Moacyrzão, Nilton Santos, Raulino de Oliveira e São Januário. Inclusive, o Flamengo estreia no próximo domingo (20), contra o Bangu, justamente no maior palco do futebol brasileiro. A partida terá início às 17h (horário de Brasília).

Veja também

  • Esses caras sao uns bandidos , eles lucram milhoes e os clubes ainda tem q pagar ? como ainda nao derrubaram essa ferj , corruptos pilantras safados !

Comentários não são permitidos.