Arão vê vídeo da música feita em homenagem aos jovens que morreram no Ninho: “Emocionante”

FOTO: CARLA ARAÚJO / COLUNA DO FLAMENGO

O Flamengo vive o pior momento em seus 123 anos de existência. 10 jogadores da categoria de base morreram após incêndio no Centro de Treinamento do Ninho do Urubu. Com isso, as torcidas organizadas se uniram e fizeram uma música em homenagem a estes atletas que partiram. Willian Arão, que ainda não havia escutado a canção, ouviu pela primeira vez e se emocionou.

Durante a entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (13), o jogador chegou a dizer que ainda não havia tido a oportunidade de conhecer a canção: “Não ouvi a música ainda. Vai ser emocionante, vai tocar e vai marcar. Mas, particularmente, ainda não vi”. Porém, Arão escutou pela primeira vez a toada e demonstrou bastante emoção.

Muito emocionante. Estou segurando (o choro), pois saí de casa determinado a não chorar, determinado a tentar passar força também… Mas é uma música emocionante. Uma música que toca muito desses garotos. Muitas crianças vão ao Maracanã assistir aos nossos jogos… Então, com certeza eles estão em um lugar muito melhor que nós e vão estar vendo isso -, disse o jogador, bastante emocionado.

A música será entoada já nesta quinta-feira (14), quando o Flamengo enfrenta o Fluminense, pela semifinal da Taça Guanabara. O jogo, que terá início às 20h30 (horário de Brasília), vai ter outras homenagens além da música, tanto feitas pelo Rubro-Negro quanto pela torcida. A partida será disputada no Maracanã, e o Fla joga pela empate para se classificar à final do torneio.

Veja também