fbpx

Bandeira de Mello fala pela primeira vez após tragédia no Ninho: “Nunca houve nenhum tipo de interdição”

FOTO: MARCOS ALVES/AGÊNCIA O GLOBO

O ex-presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Mello se pronunciou pela primeira vez após o trágico incêndio ocorrido no Ninho do Urubu na última sexta-feira (08), que vitimou dez jovens e deixou outros três feridos. Em entrevista concedida à Rádio Globo, o ex-dirigente rebateu as declarações da Prefeitura do Rio de Janeiro e garantiu que não houve qualquer notificação referente aos problemas de segurança no alojamento.

Esses assuntos nem sempre chegam à alta administração. Posso garantir que nunca houve nenhum tipo de interdição ou auto de interdição baseado em segurança de trabalho. Isso eu posso garantir. Estranho as declarações que a Prefeitura tenha tentado interditar e não tenha conseguido. Isso é surreal. O que me lembro é que a Prefeitura, através da secretaria de criança e do adolescente elogiou o que vinha sendo feito pelo Flamengo justamente na questão sobre o tratamento das crianças. Sobre multas, não sei dizer, mas certeza que não chegou nada ao Flamengo sobre problemas de segurança no alojamento -, disse o ex-presidente.

Bandeira ainda foi além e declarou que o alojamento que abrigava aos Garotos do Ninho estava em boas condições, mas a mudança de local fora programada para acontecer nos próximos dias, uma vez que o antigo módulo utilizado pelos profissionais do clube seria cedido às categorias de base.

Alojamento confortável. Não era definitivo, estava programado que eles se mudariam para o módulo que abrigava os profissionais. Mesmo assim, era instalação que tinha condições de conforto. Elogiada por muitos deles, inclusive. Infelizmente não se pode esquecer que aconteceu uma tragédia. Nada que disser vai trazer esses meninos de volta. Certeza que a apuração dos fatos vai levar a verdade sobre o que ocorreu. Isso deve ser a base para todas as conclusões -, declarou Bandeira, completando logo em seguida.

Qualquer coisa que eu diga pode ser uma precipitação. Seria leviano dizer qualquer coisa. O que temos que fazer é dar total apoio às autoridades para apurar todos os fatos. Tem que ter calma, aguardar as autoridades. Só temos a amentar toda essa tragédia -, concluiu.

1 Comentários

  • Agora uma parte da impressa podre o Brasil está contra o Flamengo, imprensa está que é beneficiada pelo o CR FLAMENGO, sobre vivi de notícias e manchetes as vezes falsas ,leviana e expeculativa

  • Criação de sites e aplicativos para celular