fbpx

Diego foca no jogo contra o Fluminense, mas pondera sobre morte de garotos: “Que sirvam de inspiração”

FOTO: CARLA ARAÚJO / COLUNA DO FLAMENGO

O Flamengo entra em campo nesta quinta-feira (14), para enfrentar o Fluminense, pela semifinal da Taça Guanabara. Apesar do confronto importante e do peso por ser um clássico, Diego lamentou, em entrevista coletiva na manhã desta terça (12), a tragédia que aconteceu na última sexta-feira (08).

O meio-campista falou abertamente sobre o ocorrido e, inclusive, chorou ao lembrar da visita que o elenco fez aos jovens sobreviventes que estão internados. No entanto, Diego alertou que o fato não será esquecido pelos atletas, mesmo que estejam em momento de descontração em um treino ou em um jogo. O camisa 10 também disse que os atletas que entrarão em campo têm que usar a tragédia como inspiração.

Como falei agora, a emoção vai vir e nós vamos carregar essa situação com a gente. As pessoas não podem confundir. Quando estivermos em um treinamento, em um jogo sorrindo, não é que deixamos de lembrar dessa situação. Vamos carregar isso conosco. Mas nós temos que encontrar forças para que isso possa servir como inspiração -, disse o jogador, antes de complementar:

É nosso trabalho competir. Temos um jogo importante e temos que estar prontos para vencer. E até por esses garotos, que eles de alguma forma sirvam de inspiração para seguirmos em frente. É difícil para nós e para todos os brasileiros. Temos que entrar em campo e fazer aquilo que eles faziam -, finalizou.

Os contêineres onde os garotos se concentravam e dormiam pegou fogo na madrugada de sexta-feira (08). A tragédia deixou dez vítimas fatais, além de três meninos feridos, sendo um em estado grave. Em meio a este tormento, o Flamengo entra em campo às 20h30, de quinta-feira (14), no Maracanã. O Rubro-Negro joga pela empate para se classificar à final. Vasco e Resende disputam a outra vaga.

0 Comentários

Criação de sites e aplicativos para celular