Ex-presidente do Flamengo relembra ‘traição’ de Ronaldo Fenômeno e dispara: “É mau caráter”

Nos últimos anos, o Flamengo tem realizado diversas contratações de atletas provenientes do futebol europeu. Entretanto, essa ideia nem sempre deu certo. Um dos casos de insucesso do Fla em tentativas desse tipo foi com o centroavante Ronaldo Fenômeno, em 2008. O atleta chegou a utilizar as dependências do rubro-negro para se tratar de problemas físicos, mas acabou indo para o Corinthians. Mais de 10 anos após o fato, Marcio Braga, presidente da equipe naquele ano, rasgou o verbo.

Em entrevista concedida ao portal Uol, Marcio revelou que chegou a ter conversas diretas com o jogador. Em ambas, Ronaldo teria indicado uma assinatura de contrato com o Flamengo. Entretanto, na hora de decidir seu futuro, o campeão mundial optou por defender o clube paulista.

– Por duas vezes eu conversei com representantes dele. Diziam que não adiantava assinar contrato naquele momento porque o Ronaldo estava em recuperação, ninguém sabia se ele jogaria ou não. O Ronaldo me disse ‘eu sou Flamengo e quero ficar’, mas depois deve ter tido uma proposta muito boa […] É por tudo isso que te digo que ele é um mau caráter -, disse o presidente.

Pouco depois do fracasso na investida por Ronaldo, o Flamengo conseguiu repatriar Adriano Imperador. Neste caso, o sucesso foi incontestável, uma vez que Adriano conquistou o Campeonato Brasileiro de 2009, sendo o artilheiro da competição naquele ano, não a toa, o torcedor rubro-negro tem o ex-camisa 10 como um dos principais ídolos recentes.

4 Comentários
  • Quando o cara é gay e se assume como tal, ele é de confiança e merece respeito, quando não acontece isso, pode ter certeza que é um moleque, é o caso do Ronaldo!

  • Criação de sites e aplicativos para celular