Rykelmo “Bolívia” é oitava vítima identificada no IML

O Instituto Médico Legal segue trabalhando na identificação dos corpos dos garotos mortos no incêndio do Ninho do Urubu; Agora, oito vítimas foram reconhecidos pela arcada dentária, conforme divulgado pelo Flamengo. O último foi o do volante Rykelmo, também conhecido como “Bolívia”. Dentre os que perderam a vida na tragédia, Rykelmo era o mais velho, uma vez que completaria 17 anos no próximo dia 26.

Além de Rykelmo, Christian Esmério (15 anos), Athila Paixão (14 anos), Arthur Vinicius de Barros Silva Freitas (15 anos), Bernardo Pisetta (14 anos), Pablo Henrique da Silva Matos (14 anos), Vitor Isaías (15 anos) e Gedson Santos (14 anos) já foram reconhecidos. Em contrapartida, os corpos de Jorge Eduardo Santos (15 anos) e  Samuel Thomas Rosa (15 anos) seguem no IML para realização de novos exames. Existe a possibilidade de que os jovens sejam reconhecidos apenas mediante a exame de DNA, processo que demanda de maior tempo.

Para estes casos, o Flamengo comunicou aos familiares que não há previsão de identificação, dando total suporte para que as famílias sigam no Rio de Janeiro, caso optem por tal. Se os familiares desejarem retornar às suas respectivas cidades até o IML apresentar novidades, o Rubro-Negro também disponibilizará de recursos para tal.

Veja também