Arrascaeta marca, mas Flamengo comete pênalti nos acréscimos e sai com um empate amargo contra o Vasco

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Vasco e Flamengo duelaram na noite deste sábado (09), no Maracanã, pela terceira rodada da Taça Rio. Em jogo aberto inicialmente, as duas equipes conseguiram criar boas oportunidades, mas após a parada técnica o nível ficou abaixo do esperado. A partida foi outra na etapa complementar, com o Fla tendo mais efetividade nas armações das jogadas. Foi assim que  chegou ao gol logo aos dois minutos, com Arrascaeta, mas cedeu empate ao Cruzmaltino nos acréscimos em pênalti cometido por Thuler, e saiu de campo com um amargo empate.

O JOGO

A partida começou com o Vasco tomando as iniciativas. Prova disso é que logo no primeiro minuto a equipe comandada por Alberto Valentim teve grande oportunidade de abrir o placar. Pikachu cobrou escanteio pela esquerda, e Werley desviou para o meio da área. A bola sobrou na segunda trave para Marrony, que cabeceou na rede pelo lado de fora.

O Flamengo respondeu aos quatro minutos, com o peruano Trauco. Após escanteio cobrado por Arrascaeta, o lateral esquerdo pegou a sobra duas vezes e, na segunda oportunidade, soltou uma bomba de fora da área, mas o goleiro Fernando Miguel realizou uma boa defesa.

Aos 16, o Vasco voltou a assustar, novamente em jogada aérea. Em escanteio cobrado na direita por Danilo Barcelos, Werley apareceu complemente livre no meio da área, mas cabeceou acima da meta defendida por César, perdendo outra grande oportunidade.

Com dificuldades de sair para o jogo de maneira objetiva e errando muitos passes, o Fla conseguiu uma boa jogada somente aos 27 minutos, através de bola parada. Em cobrança de falta na meia-lua, Everton Ribeiro foi pra bola, mas acertou a barreira adversária.

Apesar dos erros evidentes no meio de campo, o Rubro-Negro finalizava mais do que rival e, até os 30 minutos, já contabilizava oito oportunidades, enquanto a equipe cruzmaltina tinha cinco. Após a parada técnica, o jogo – que estava mais aberto inicialmente –, caiu muito de rendimento nos 15 minutos finais do primeiro tempo.

O Flamengo retornou para a etapa complementar mais ligado e acertando mais os passes no meio de campo. Isso porque, logo aos dois minutos do segundo tempo, a equipe comandada por Abel Braga chegou ao gol. Em contra-ataque rápido, Everton Ribeiro abriu para Vitinho na esquerda, que passou pelo marcador e deixou Arrascaeta na cara do gol. O uruguaio não desperdiçou e abriu o placar no Maracanã.

Em cobrança de escanteio aos 11, o Vasco quase chegou ao empate. Danilo Barcelos fez a cobrança, a bola desviou no meio do caminho e encontrou a trave do gol defendido por César. O camisa 14 da equipe de São Januário ainda teve outra oportunidade em cobrança de falta na entrada da área, aos 16, mas o goleiro rubro-negro fez boa defesa.

Aos 28 minutos, o Rubro-Negro perdeu ótima chance de ampliar a vantagem no Maracanã. Arrascaeta puxou contragolpe pelo lado esquerdo após roubada de bola de Bruno Henrique, e abriu na área para o jovem Lucas Silva, que demorou a concluir a gol. No lance, o garoto ainda tinha como opção Bruno Henrique, que estava livre na direita, mas não obteve êxito na jogada.

Aos 36, em nova cobrança de escanteio de Danilo Barcelos, Lucas Mineiro subiu sozinho e quase marcou o gol de empate.

Perdendo ótimas chances nos últimos minutos, o clube da Gávea levou duro golpe, já nos acréscimos. Thuler cometeu pênalti, e Maxi López não desperdiçou, cobrando forte e alto e não dando qualquer chance de defesa a César. Mais recuado no final, os comandados de Abel Braga saíram visivelmente cabisbaixos do Maracanã. Por reclamação, Bruno Henrique ainda recebeu cartão vermelho ao final do embate e será desfalque certo na próxima rodada da Taça Rio.

Após o amargo empate com o Vasco, o Flamengo volta a manter o foco na principal competição do calendário: a Libertadores da América. O próximo compromisso do Rubro-Negro será diante da LDU, do Equador, nesta quarta-feira (13). O duelo terá início às 21h30 (horário de Brasília), e será disputado no Maracanã.

Veja também

  • O jogo de hoje mostrou o que sempre soube, o Everton Ribeiro é craque e é nosso jogador mais importante, Ronaldo não é lá essas coisas toda como dizem, é jovem e tem muito a evoluir, infelizmente arão é necessario nesse momento mesmo achando ele fraco, na posicao dele nao temos melhor… arrascaeta precisa de ritmo pra melhorar, mas ja jogou bem melhor hoje… rodinei, ta de sacanagem, nao da…melhor o pará mesmo que nao é tao ruim como dizem, apenas é fraco no apoio… a cada bola na area era perrengue, sofri e tinha certeza que o vasco ia empatar numa jogada aérea, incrivelmente nao ganhamos 1 jogada aérea!!! E césar que goleiro seguro e maduro esta sendo!! Ta tudo ai só nao enxerga se for cego!

  • Que vergonha ?? Rodnei não dá mais,já chega??

  • Cara fala sério. O mais impressionante foi ver a torcida do Vasco no fim da partida. Parecia uma comemoração de Champion kkkkk que time medíocre esse vasquin. Se não fosse o Rodnei teria perdido pros reservas do Mengão

  • Qualquer um jogador…..QUALQUER! um jogador que estivesse a vontade no jogo, focado para vencer, faria aquele jogou. O que foi visto foi que claramente o jogador “se cagou” na frente do jogou, demorou uma eternidade, com medo de errar e pouca vontade de aproveitar o momento, que era para ser arrojado. ele não estava em diagonal, não estava sem ângulo, no momento do toque não tinha ninguém à frente, ou seja, se desse um bico na bola, bem horrível, ela entraria.

  • Mais um jogo de infinitas chances de gol desperdiçadas.

  • Abandone esse Rodinei por favor…deixa os meninos jogar… empresta essa M….

  • Rapaz o que falar desse jogador Rodinei rapaz sem comentários para um jogador desse Vai para p*** que o pariu

  • esse rodney é horrivel velho, nao faz nada no jogo inteiro só correria, quando tem a chance de ajudar o time empurrando a bola pra dentro ele chuta a bola no pé do adversário pqp, se fosse o cesar correndo no lugar do rodney e chutando aquela bola ele faria o gol, n existe flamengo ficar com um lateral desses no time, pois nem pro time reserva do flamengo ele serve

  • Se o time não perde um milhão de chances no final teria matado o jogo. Mas tá ótimo, jogo inútil mesmo.

    • totalmente inútil. 90% do time reserva, e ainda com moleques da base que nem costumavam a ser relacionados. nada pode ser mais pequeno do que o zona norte tribufu.

Comentários não são permitidos.