Diego diz que estrutura da Gávea atrapalha equipe: “O ponto bom é o contato com os torcedores”

FOTO: CARLA ARAÚJO/FLAMENGO

Desde o dia 27 de fevereiro, o Centro de Treinamento do Flamengo foi completamente interditado. Impossibilitado de treinar no Ninho do Urubu, o Rubro-Negro tem realizado as atividades na Gávea. Nesta segunda (11), inclusive, o atleta Diego Ribas falou sobre a diferença entre os locais, admitindo que a estrutura disponível na sede não esta à altura da construída no Ninho.

Como ponto positivo do trabalho na Gávea, o camisa 10 destacou o carinho constante dos torcedores, que podem acompanhar as atividades à beira do gramado. Esse quesito, aliás, já havia sido comemorado por Diego Alves e Léo Duarte.

Em relação à estrutura, atrapalha. O ponto bom é termos o contato com os torcedores, isso é legal. Mas a estrutura que nós temos no Ninho, sem dúvida, está preparada e é melhor pra que a gente possa estar rendendo da melhor maneira possível. Queremos voltar pra la, cabe a nós esperar a decisão. Estamos aqui para superar as dificuldades. Enquanto estivermos aqui, estaremos fazendo nosso trabalho para sermos competitivos -, disse ele.

Apesar da expectativa dos jogadores, o CT do Flamengo ainda não tem previsão de liberação. Para que o local seja novamente aberto para trabalho, depende de aprovação do Corpo de Bombeiros, que virá quando o órgão realizar vistoria e identificar que o Fla cumpriu as pendências apontadas. Enquanto isso, a delegação rubro-negra segue trabalhando na Gávea, visando o jogo da próxima quarta (13), contra a LDU. O embate será pela segunda rodada da Copa Libertadores da América, com bola rolando a partir das 21h30, no Maracanã.

6 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular