Aos 40, Juan faz novos planos com o Flamengo após sua aposentadoria

O casamento entre Flamengo, Juan e gramados já tem data para terminar: 27 de abril. O palco? O Maracanã. O jogo? Flamengo e Cruzeiro, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro de 2019. Em fase de recuperação de uma lesão muscular, atleta e clube se movem no sentido de concluir os detalhes para a partida e para as homenagens ao ídolo rubro-negro. A ideia é que o camisa 4 consiga atuar por alguns minutos em seu último jogo como profissional e que haja uma festa especial de agradecimento nas arquibancadas.

No entanto, a despedida será apenas dos gramados. O Flamengo, clube de coração do zagueiro, ainda será parte de sua rotina e Juan fará um estágio de seis meses no clube – decisão que envolve, também, a questão das leis trabalhistas. Em seu novo desafio, o camisa 4 estará atuando no departamento de futebol rubro-negro e nas categorias de base. Em outras oportunidades, o zagueiro havia sinalizado seu interesse em permanecer como funcionário do Fla.

Como jogador, Juan foi revelado nas categorias de base do Flamengo, aos 11. Fez sua estreia no profissional aos 17 anos. O zagueiro, porém, só se firmou no elenco principal três anos depois, durante a conquista da Copa Mercosul – estufou as redes na decisão contra o Palmeiras. Em 2019, aos 40 anos, o camisa 4 marcou seu nome na história e, ao que tudo indica, continuará marcando.

Veja também

  • Grande exemplo! Tem que continuar no clube, se possível a orientar os jovens, pois o moleque mal faz um gol, e já se acha um craque, vira uma marra, antes de provar algo de verdade.
    Por outro lado, penso que o R. Caio tem condições de se entrar para a história. Assim foi com o Rondinelle (jogava mais na raça que na técnica, mas foi um símbolo), o Mozer, o F. Luciano (nasceu no gambá, mas se encantou com a Nação), o Juan e o Ronaldo Angelim.
    O RC é técnico, está evoluindo muito, e parece reconhecer que a Nação o recebeu com o carinho, que inclusive não recebeu dos bambis.
    O cara sabe jogar bola, há quem critique seu porte físico, mas isso não é decisivo, haja vista o nosso “Magro de Aço”.
    Força RC, dedique-se, pois você pode se tornar um símbolo desta geração, desta defesa, caso ganhem algo grande.

  • Monstro!!!

  • Se conseguir passar suas noções para os nossos garotos nosso futuro na zaga estará garantido.

  • o juan é exemplo pra muitos atletas e sempre sera um nome lembrado no flamengo..

Comentários não são permitidos.