Arrascaeta lidera ranking de finalizações e chances criadas na Libertadores

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

O Flamengo goleou o San José, da Bolívia, por 6 a 1, nesta quinta-feira (11), em partida válida pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Conmebol Libertadores. Giorgian de Arrascaeta, contratação mais cara da história do clube — custou em torno de R$ 60 milhões —, iniciou o confronto entre os titulares e teve boa participação no embate.

A atuação do jogador chamou a atenção da organização da competição internacional, que o elegeu como o melhor da partida, e também da torcida rubro-negra, que votou no meia-atacante como o homem do jogo. Os números respaldam o bom desempenho do uruguaio nesta quinta-feira.

Se diante do Peñarol, do Uruguai, o jogador foi reserva e sequer entrou em campo, contra o San José as coisas foram muito diferentes. Com a expulsão de Gabigol no último jogo, o meia teve a oportunidade de iniciar o confronto entre os 11 e foi quem mais finalizou no embate, com oito arremates, sendo três a mais que o segundo colocado, além de ser quem mais acertou o alvo, em cinco oportunidades.

Além disso tudo, o camisa 14 foi o jogador que mais partiu para o drible, com sete tentativas, uma a mais que Everton Ribeiro, outro destaque do jogo. Giorgian ainda foi quem menos perdeu a bola nestas tentativas, apenas uma vez. Arrascaeta liderou também o time com seis chances criadas no duelo, pelo menos três a mais que qualquer companheiro.

Com isso, Arrascaeta esteve envolvido em 14 finalizações na partida diante do San José, sendo oito chutes e seis chances criadas para seus companheiros finalizarem. Não foi só líder no confronto, mas em toda a atual fase de grupos da Libertadores. A boa atuação vem em um momento importante da temporada, tendo em vista que o uruguaio ainda briga por vaga no time titular do Flamengo.

Giorgian de Arrascaeta briga para iniciar o jogo deste domingo (14), diante do Vasco da Gama, entre os 11 iniciais. Com a sequência de partidas desgastantes, é possível que o treinador Abel Braga escale um time alternativo para o confronto, que vai ser disputado no Engenhão. A partida está marcada para ter início às 16h (horário de Brasília) e é a primeira da final do Campeonato Carioca.

Veja também

  • colocando Ronaldo ou Piris no lugar de Arão, o time passa a ter mais marcação no meio campo, a função do Arão hoje é apenas aparecer como elemento surpresa…. mas tendo uma linha de três meias do nível de Arrasca, Diego e Everton, não há essa necessidade, o Diego tem essa característica de criar e infiltrar como falso 9, Bruno ou Gabgol são velozes, daria mais opções de jogada…. cansado de ver cruzamentos bestas

  • O Arrasca briga com o Diego no meio e não com o Bruno Henrique.

    • isso na cabeça do Abel né, tem que escalar onde o jogador rende melhor, pra mim o Bruno disputaria com Gabgon no ataque, tendo essa linha de 3 meias como Arrasca, Diego e Everton, e tendo um atacante veloz, a tendência é sempre ter opções de passes. Acho que o Flamengo precisa mudar a maneira de jogar, há muitos cruzamentos em vão pra área, não temos centroavantes, precisamos construir jogadas, ontem foi interessante.

  • Abel não vinha escalando Arrascaeta por causa disso, agora ele vai ter que mantê-lo no time titular. Rsrsrsrsrsrs

  • a culpa do gol foi do arão, a mesma jogada naquele jogo do flaxflu que terminou 3×2, os dois gols ele não acompanhou a jogada até o fim e contra o são jose do mesmo jeito, é so olhar o replay do gol e prestar atenção no arão, tem q sair do time titular e dar chace pro ronaldo

  • Pena que não temos um treinador !

  • Só na cabeça oca do Abelão Arrascaeta é banco para o B. Henrique. Arão tbm ñ marca ninguém! A culpa da derrota para o Penharol e toda do treinador.

  • 1 de arrascaeta 1 de gabigol

  • Arrascaeta titular. e não sai mais

  • Flamengo. 2 x. Vasco. 0

  • titular eterno bruno henrique infelismente eh banco para ele sem condicoes

Comentários não são permitidos.