Diretoria do Flamengo acredita que suspensão de Abel foi determinante para derrota no Equador

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O Flamengo foi derrotado para a LDU pelo placar de 2 a 1, em jogo que complicou a situação do Flamengo visando a classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores da América. Entre boa parte dos torcedores, o técnico Abel Braga foi eleito um dos principais responsáveis pelo resultado negativo por conta da forma que armou o time. No entanto, para a diretoria, a ausência do treinador à beira do campo e no vestiário – por conta de punição imposta pela Conmebol – foi determinante para que o Fla não conseguisse um bom resultado em Quito.

Entre a cúpula rubro-negra, a ideia permeada é de que, caso Abel estivesse no vestiário durante o intervalo – pouco depois de o Fla sofrer o gol de empate já nos acréscimos do primeiro tempo – a equipe voltaria para a etapa complementar com uma postura diferente, com mais possibilidade de encerrar a partida pelo menos com um empate na conta. A informação é do Globoesporte.com.

Ainda de acordo com o veículo, apesar de demonstrar apoio e prestígio pelo treinador, nem todas as decisões tomadas por Abel foram incontestáveis. Esse é o caso, por exemplo, da opção por escalar o artilheiro Gabriel Barbosa pela ponta direita, invertendo assim as posições de outros dois jogadores que também vinham rendendo em alto nível: Everton Ribeiro teve que deixar a direita para jogar como meia central, enquanto Bruno Henrique foi retirado da ponta esquerda para se tornar o homem de referência do ataque.

Em meio a este cenário, o Flamengo de Abel Braga precisará dar resposta na estreia do Brasileirão, contra o Cruzeiro. Encarando um adversário que ainda está invicto em 2019, o Rubro-Negro chega pressionado para conquistar os três pontos na primeira rodada da competição por pontos corridos. O embate está marcado para as 21h deste sábado (27), no Maracanã.

9 Comentários
  • Oh abelao para de inventar ecescala o óbvio, gabigol na direita é sem rumo, faz o simples q é normal coloca o gabigol de centroavante q é lá q ele faz gols como jogou contra o san José e ldu na primeira partida e Everton Ribeiro na direita e o Bruno Henrique aberto na esquerda q ele vai e volta pra marcar.

  • Só pode ser sacanagem!!!! Esse técnico é um retranqueiro. O time não apresenta melhora técnica alguma desde a chegada deste cara. É só ver alguns jogos sofríveis contra os timecos do flu, vasco e bota. Além de ter sido derrotado, vergonhosamente, por Penharol e LDU. Com um time milionário era obrigação ter se classificado em 1o lugar na libertadores e com folga. Este clube com essa nova leva de diretoria passou a ter DNA de perdedor. Nada é feito quando acontecem derrotas. Ninguém é multado e tampouco é chamado a atenção. VERGONHOSO um clube com tanto dinheiro e não conseguir contratar um treinador decente.

  • Alguém avisa pro abel que ER7 é meia direita. O B Henrique é atacante pela esquerda. O Gabigol é o 9. Arrascaeta e Diego brigam por vaga centralizada. Coloca o Ronaldo pra jogar com cuellar e solta os laterais, que nao seja Pará e Trauco.

  • Criação de sites e aplicativos para celular