Flamengo acerta terceiro acordo com familiares de vítima da tragédia no Ninho do Urubu

Nesta segunda- feira (8), dia em que a tragédia no Ninho do Urubu completa dois meses, o Flamengo acertou o terceiro acordo com os familiares de uma das vítimas fatais. A família de Gedinho entrou em entendimento com o clube e a indenização foi assinada entre as duas partes, segundo informações do GloboEsporte.com. A negociação foi feita entre o Rubro-Negro e o tio do jovem – os valores não foram revelados.

Gedson Beltrão dos Santos Corgosinho, de 14 anos, foi um dos 10 adolescentes que morreram no incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo, no Rio de Janeiro. O garoto era atacante e antes de chegar ao Fla, atuava pelo Athlético Paranaense. Gedinho já havia jogado pelo Trieste, de Curitiba, e pela Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) da cidade de Itararé, no interior de São Paulo.

O Flamengo encaminhou acordos com mais duas famílias de garotos que perderam suas vidas na tragédia: Bernardo Pisetta e Vítor Isaías. A família de Átila Paixão já havia acertado a indenização com o clube anteriormente. O Rubro-Negro segue trabalhando na questão de atender da melhor maneira os familiares de todas as vítimas.

Veja também

  • Vamos fechando os acordos, atendendo as famílias e bloqueando qualquer iniciativa de advogados inescrupulosos que só pensam em se dar bem se aproveitando dessa tragédia.

  • Parabéns a diretoria do clube, por atender aos anceios dos familiares envolvidos neste lamentável acidente, espero que os advogados das outras famílias envolvidas, não fiquem à fazer leilão com um assunto tão trágico e constrangedor !!!

Comentários não são permitidos.