Justiça agenda audiência entre Flamengo e CBF por reconhecimento do título brasileiro de 1987

FOTO: DIVULGAÇÃO

A Justiça do Rio de Janeiro marcou para o mês de junho uma audiência de reconciliação entre a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e o Flamengo. O assunto é o mesmo: o Rubro-Negro quer o reconhecimento do título do brasileiro de 1987, chamado de Troféu João Havelange ou Módulo Verde, que à época era equivalente à primeira divisão do campeonato nacional.

O processo tramita na 8ª Vara Cível carioca desde dezembro de 2018. O clube da Gávea espera conseguir o reconhecimento do título, mas ao mesmo tempo mantendo a legitimidade da conquista do Sport naquele mesmo ano, que já recebeu do STF (Supremo Tribunal Federal) o decreto de único detentor do título da Copa União. Sendo assim, passaria a haver dois campeões brasileiros de 1987.

O reconhecimento formal da conquista do Flamengo, em paralelo ao título conferido judicialmente ao Sport, não teria o condão de alterar o status de ‘campeão brasileiro’ de 1987 ao clube pernambucano” -, defende o Flamengo no processo aberto pelo clube.

A batalha envolvendo o título brasileiro de 1987 durou 20 anos. Entretanto, em decisão proferida em março de 2018, a maioria dos ministros do STF determinaram ganho de causa ao clube de Pernambuco. Desde então, o Rubro-Negro vem tentando obter o reconhecimento na Justiça.

26 Comentários
  • O engraçado é que esse título o Flamengo ganhou em campo, com méritos e num campeonato com os maiores clubes brasileiros da primeira divisão nacional, a CBF por pura política, deu a concessão ao Sport e depois de anos de discussão, não aceitou declarar os dois clubes como campeões nacional daquele fatídico ano de 1987 e outro dia desses, declarou o Palmeiras campeão brasileiro duas vezes no mesmo ano, tendo ele conquistado dois torneios que sequer tinham peso de campeonato nacional.
    Bom, não podem dois times serem campeões juntos numa mesmo competição mas pode um time sozinho ganhar o mesmo título duas vezes no mesmo ano?
    Pode isso Arnaldo?
    A CBF é VERDE!!!

    • Na verdade a CBF reconheceu o Flamengo campeão brasileiro junto com o Sport, mas o Sport acionou a justiça para que ela forçasse a CBF a voltar atrás nessa decisão, exigindo que a decisão de somente o Sport ter sido campeão em 87 fosse imposta à CBF. Ao ser ameaçada com multas, a CBF então voltou atrás revogando a própria decisão.
      Creio que a novela só vai se repetir. Bobagem dar essa moral de novo Xport que vai mais uma vez se valer do caso pra aparecer as custas do Mengão.

  • Sempre fui da opinião que o Flamengo deveria ter jogado aquele quadrangular. Tinha time superior aos 3 adversários e seria campeão, caso não acontecesse aquelas supresas que o futebol nos prega.
    Recusou a participação e deu nisso: décadas dependendo de politicagem e acabou não sendo oficialmente declarado campeão. Tudo bem que moralmente é o campeão, mas isso só vale para nós torcedores do clube. Títulos não podem ter valor moral apenas, é preciso que sejam, acima de tudo, reconhecidos oficialmente. Temo que o clube não consiga mais o reconhecimento oficial e o título acabe mesmo com aquele clubinho frequentador assíduo de segunda divisão.

    • Daniel Pires, vc já reparou que praticamente toda a imprensa só se refere ao Flamengo como hexacampeão? Portanto, não somos só nós flamenguistas que nos declaramos campeões, qualquer pessoa com um mínimo de bom senso sabe disso. Esse assunto já se tornou ridículo há muito tempo. E, não, o Flamengo não deveria ter jogado o quadrangular, por uma questão de caráter, por cumprir o que foi acordado. Se não fosse o Eurico Miranda ter traído os companheiros do Clube dos 13 e assinado por ele, C13, nada disso teria acontecido. Se informe melhor. Quem tem caráter, não se vende.

    • A imprensa carioca é que usa o termo hexacampeão e isso está perdendo força. Ok, ficamos com nosso “caráter” e sempre considerando o clube campeão moral desse campeonato e o outro clube fica com o reconhecimento oficial.

    • Daniel, o Flamengo só não jogou a “final” com o IXPô, pq o clube dos 13 já tinha decidido que não haveria esse tipo de confronto, independente de quem fosse o campeão, na época o presidente do São Paulo Juvenal Juvêncio era o presidente do clube dos 13, quando o Flamengo ganhou e começaram os problemas o próprio Juvenal não reconheceu mais o Flamengo como o legítimo campeão.

    • Foi um acordo, dos clubes dos 13 a epoca qm organizou esse campeonato. N foi so o Flamengo mas qualquer um q fosse campeão nao.jogaria esse quadrangular

  • O grande erro do flamengo foi nao ter indo a justiça no mesmo momento em que o sport ingressou com a ação pedido o reconhecimento de campeão de 87 .

  • Cara, a regra é clara. Os clubes sabiam do quadrangular e aceitaram. Na hora H se recusar foi assinar atestado de burrice. Naquela época o futebol era uma zona. Virada de mesa toda hora. Sou Mengão, mas regra é regra.

  • Não houve avaliação de causa o que foi julgado e se poderia haver um julgamento, como já tinha tramitado e julgado não pode ser feito, por isso foi mantido a decisão do juiz de Pernambuco.

    • Tenho um sobrinho pernambucano que é torcedor do sport, como o pai. Ele perguntou: Pai, nós ganhamos do Flamengo, Fluminense, Vasco, Botafogo, Corinthians, Palmeiras… Mas, meu cunhado, todo sem jeito, desconversou cortando a conversa: Não! Não jogamos contra esses times, não! Kkkkkk precisavam ver a cara do menino!

  • Tenho um sobrinho pernambucano que é torcedor do sport, como o pai! Ele perguntou: Pai, nós ganhamos do Flamengo, Fluminense, Vasco, Botafogo, Palmeiras, Corinthians, São… Mas o o pai, meu cunhado, cortou a conversa dizendo: Não, nós não jogamos contra esses times, não! Kkkkkkk Precisavam ver a cara do menino!

  • Criação de sites e aplicativos para celular