MPRJ abre denúncia contra torcedores do Peñarol que agrediram flamenguista

Duas semanas depois do triste episódio envolvendo três torcedores do Peñarol que agrediram um flamenguista, o Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou os uruguaios. Dennis Oscar Viega Gonzalez, Fernando Segundo Carreno Tucce e Gianfranco Steffano Cattapan Flores estão presos desde o ocorrido no dia 3 de abril, antes do duelo entre Flamengo e Peñarol, válido pela Copa Libertadores da América, no Maracanã.

O torcedor que foi agredido, Roberto Vieira de Almeida, ainda está internado no Hospital Miguel Couto. Ele se encontra em coma induzido e precisou passar por uma cirurgia, já que sofreu traumatismo craniano durante o ato de violência. Roberto foi atingido por cadeiras, chutes e socos.

A agressão aconteceu no bairro do Leme, Zona Sul do Rio de Janeiro, por volta das 17h, pouco antes da partida entre os clubes, que aconteceu às 21h30 (de Brasília). Dentro das quatro linhas, o Flamengo acabou perdendo do Peñarol. O placar terminou em 1 a 0 no Maracanã.

1 Comentários
  • Criação de sites e aplicativos para celular