Torcedor do Flamengo agredido por uruguaios segue em estado grave

O torcedor do Flamengo, Roberto de Almeida, agredido por torcedores do Peñarol antes do confronto entre os clubes, segue em estado grave. Segundo informações do GloboEsporte.com, além do quadro de traumatismo craniano – a vítima precisou passar por cirurgia para diminuir a pressão no local da lesão -, o senhor de 60 anos também tem complicações no pulmão.

Relembre o caso: torcedores do Peñarol se confrontaram com alguns torcedores flamenguistas que estavam em uma excursão de Vitória-ES. A confusão aconteceu antes que os uruguaios fossem escoltados pela Polícia Militar até o Maracanã, o que estava previsto para ocorrer às 17h30. Durante a briga, foram trocados pontapés, garrafadas e cadeiradas. Em um vídeo que viralizou na internet, percebe-se que, em determinado momento, um torcedor do Peñarol foi agredido por vários flamenguistas, à frente de um policial militar, que nada fez. Vários torcedores foram presos e levados ao Juizado Especial Criminal (Jecrim) depois da confusão.

O Flamengo foi derrotado pelo Peñarol por 1 a 0. Com o resultado, o Rubro-Negro caiu para a segunda colocação do grupo D da Libertadores. O próximo compromisso do clube carioca é contra o San José, na próxima quinta-feira (11), no Maracanã. O Peñarol, por sua vez, jogará contra a LDU – partida prevista para a próxima terça-feira (9).

Veja também

  • Esses uruanimais acham que são donos de tudo bando de mau educados tem que ser banidos do futebol.

Comentários não são permitidos.