Com queda de desempenho do sistema ofensivo, Bruno Henrique vira referência no ataque do Flamengo

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O Flamengo tem recebido muitas críticas de torcedores nas redes sociais devido ao desempenho baixo da equipe nos últimos jogos. Chama a atenção, no entanto, o fato do setor ofensivo do Rubro-Negro ter caído de rendimento nas últimas partidas, fazendo com que os resultados fossem aquém do esperado pela torcida.

Isso porque, a eficiência em finalizações do Flamengo diminuiu consideravelmente nos últimos jogos. Nas últimas cinco partidas disputadas por Everton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabriel Barbosa, os números não têm agradado. A exceção é Bruno Henrique, que tem chamado a responsabilidade e finalizou quatro vezes ao gol, tanto contra o Corinthians quanto diante do Atlético-MG.

Vale ressaltar o fato de Bruno Henrique ter dado a assistência para o gol contra o Corinthians, que deu vantagem para a equipe visando a classificação rubro-negra para as quartas de final da Copa do Brasil. Além disso, o atacante fez gol na última rodada do Campeonato Brasileiro, na derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG, que jogou mais da metade do confronto com um a menos.

Bruno Henrique ainda tem números bastante expressivos com a camisa do Flamengo, o que faz a torcida ter esperança de que ele pode fazer a equipe voltar a ter boas atuações. O atacante tem 12 gols na temporada, além de nove assistências. Vale ressaltar que o jogador participou, de forma direta, de 21 gols do Rubro-Negro, sendo que ele tem 23 jogos pelo Fla.

Gabigol, que chegou a ser o artilheiro do Flamengo na temporada, pode completar um mês sem marcar. Nos últimos 8 jogos, o atleta balançou a rede em apenas uma oportunidade. O jogador, inclusive, tem sido substituído pelo treinador Abel Braga e recebido fortes críticas da torcida, que já pede para que o camisa 9 vá para o banco de reservas.

Giorgian De Arrascaeta, contratação mais cara da história do Flamengo, ainda não conseguiu se firmar na equipe comandada por Abel Braga. Não à toa, após ter iniciado os últimos confrontos, o meia-atacante deve dar lugar a Diego Ribas no time titular. O uruguaio foi substituído em todos os confrontos que disputou como titular.

Everton Ribeiro, por sua vez, não finalizou a gol nas últimas quatro partidas onde esteve em campo (Atlético-MG, Chapecoense, Peñarol e Internacional). Diante do Corinthians, o meia chutou em duas oportunidades. Este, porém, tem se destacado em outra vertente: lidera o Flamengo na armação das jogadas e tem sido o jogador mais criativo do time.

O fato do desempenho ofensivo ter caído, além do defensivo que é facilmente vazado, explica o porquê do Flamengo estar com apenas sete pontos conquistados em cinco partidas disputadas. O Fla ocupa a nona posição na tabela do Campeonato Brasileiro, tendo um dos maiores investimentos do país. Com isso, apenas a vitória interessa para o time comandado por Abel Braga sobre o Athletico-PR, neste domingo (26), no Maracanã. A partida vai ter início às 16h (horário de Brasília).

Veja também