Gustavinho celebra a vitória do Flamengo no jogo 1 da final do NBB, mas pede foco para o restante da série

FOTO: MARCELO CORTES/FLAMENGO

Neste domingo (19), Flamengo e Franca abriram a série de cinco da final do NBB. O Rubro-Negro jogou diante da sua torcida, que lotou o Maracanãzinho, e venceu sem sustos por 82 a 68. Além de comemorar a vitória, o técnico Gustavinho pôde celebrar mais uma conquista pessoal: se tornou o o mais novo treinador a somar mais finais de NBB na carreira.

O técnico, que acumula quatro finais de NBB no currículo, falou com a imprensa após a vitória rubro-negra. Para Gustavinho, a ficha da vitória já virou e não há como prever a sequência da série.

A gente pode pensar que o Franca está pressionado ou a gente pode pensar que precisa ganhar, pelo menos, um jogo fora de casa. Acho que o mais importante, mais do que imaginar o que se passa na cabeça de um, é fazer a nossa parte e focar no jogo dois. Não tem nada de pensar: “temos que ganhar lá para depois fechar aqui”, quem garante que a gente vai fechar a série aqui? A gente precisa pensar exclusivamente em tirar todas as nossas fichas do bolso e jogar na mesa do jogo dois. O que sobrar do dois, recolher para o três.

O segundo jogo da série entre Flamengo e Franca está previsto para a próxima quinta-feira (23), no Ginásio Pedrocão. Apenas os torcedores paulistas poderão comprar ingressos para a partida.

Veja também

  • A diretoria devia tirar um pouco de sangue dos jogadores do basquete e injetar nos do futebol. Principalmente nesse Gabriel

  • Esses sim honrran o manto .

  • ESSE É O FLAMENGO QUE EU QUERO !!!

Comentários não são permitidos.