Fabio Monken: “Muita evolução tática, mas devemos frear a emoção!”

Salve, Salve, Nação Mais Linda do Mundo!

No jogo de ontem de manhã presenciamos um Flamengo que não víamos há muito tempo. Um time que apesar de ter marcado um, dois, três gols, não parava de agredir o adversário. Este foi o Mengão que jogou na volta do Brasileirão. E nós adoramos este tipo de atitude, afinal de contas, isso é Flamengo!

Devo aqui ressaltar que nossa torcida, novamente, deu um show, com mais de 65 mil rubro-negros no estádio! Podemos traçar dois paralelos a partir da apresentação do time no jogo: uma é que, definitivamente, não será sempre assim, não mesmo, e a segunda é que o time evoluiu consideravelmente na parte tática e o trabalho de Jorge Jesus começa a tomar forma.

Vejam bem, eu não quero frear nossa emoção nem jogar um balde de água fria em nossas expectativas, mas posso cravar uma coisa: devemos ter paciência. Apesar do trabalho do treinador português ser excepcional e dos jogadores mostrarem que estão “comprando” suas ideias, acredito que os adversários vão começar a tomar mais cuidado com nossa equipe, principalmente após a goleada acachapante no Goiás.

Esse é o “problema”. Não creio que este fator seja determinante para que este time seja freado pelos adversários, mas as dificuldades aumentarão a partir do momento em que as outras equipes entrarão muito fechadas para nos enfrentar.

Devemos também dizer que os ajustes necessários para que o time funcione como um relógio suíço devem ser frequentes para que não sejamos surpreendidos com as bolas longas, como observamos no jogo contra o Athlético PR, na última quarta-feira na Arena da Baixada.

Com esses ajustes no posicionamento do time, acredito que o Mengão deverá ser o time a ser batido no restante campeonato. Ainda temos dois reforços para estrear. O JJ gosta de escalar o time de acordo com o adversário e isso é muito benéfico, tanto para os atletas quanto para o clube.

Essa forma de escalação deixa grande parte dos jogadores com ritmo de jogo e apta a entrar em qualquer que seja a circunstância da partida. Também é inegável a visão que nosso treinador possui do jogo dentro das quatro linhas. Com pequenas mudanças de posicionamento, ele é capaz de acertar o time ainda com a partida em andamento. Essa qualidade já não era observada em treinadores do Mengão há muito tempo.

Agora o que nos resta é aguardar. Temos uma pedreira na próxima quarta-feira pela Copa do Brasil. No jogo de volta, o rubro-negro paranaense virá babando pra cima de nós, principalmente após as polêmicas relativas à primeira partida do confronto de 180 minutos. Contaremos, mais uma vez, com a Magnética apoiando incondicionalmente após o apito inicial e botaremos pressão nos caras.

Certamente Jorge Jesus montará um equipe diferente da que jogou hoje, devido às circunstâncias que envolvem o jogo. Como temos a obrigação de ganhar para avançarmos, espero um time melhor postado defensivamente para que não sejamos vazados, já que no ataque sempre seremos muitíssimo fortes.

A lua de mel com o treinador lusitano teve início já no dia 10, onde atuamos de forma coesa na Arena. Ela se ampliou após a partida de ontem e deve se intensificar após a esperada classificação para as semifinais da Copa do Brasil.

Além da forma de atuação da equipe, Jesus também deu mostras de que conhece muito mais o Flamengo do que muito treinador brasileiro que esteve nos dirigindo ultimamente, haja vista suas entrevista coletivas. Cirúrgico em suas intervenções extra campo, assim com à beira do “relvado”, o “portuga” mostra-se profundo conhecedor da história que envolve a mística rubro negra.

A hora da mudança de mentalidade esportiva chegou. Estou grato por poder, enfim, presenciar essa virada que eu já cobro por aqui desde o final de 2016 (basta uma leitura em algumas de minhas colunas mais antigas – aqui).

Mas uma coisa vocês podem ter certeza: vão tentar desestabilizar o Mais Querido cada vez mais, principalmente a imprensa anti, que tentará nos jogar contra o treinador e além de tentar criar crises infundadas.

Já lhes peço agora: não embarquem na onda dos antis! Não comprem barulho desnecessário! O melhor tratamento aos idiotas de plantão que só abrem a boca para falar mal do Flamengo é o desprezo! Não os sigam nas redes sociais e não repliquem as sandices proferidas por esses ignóbeis! Simples assim!

Esse é o caminho! Cada vez mais altivos financeiramente e, agora, esportivamente. A mudança deve ser continuada e cada vez mais consolidada. Costumo dizer que a quebra de paradigma é evidenciada pela mudança de atitude, e essa mudança está aí! Que ela perdure por longos anos! O céu não é o limite, o urubu alça vôos incomensuravelmente altos! Vai pra cima deles Mengo!!!

O Flamengo Simplesmente é!

Saudações Rubro Negras a todos!!!

Fabio Monken

Twitter – @fabio_monken

Gostou? Ótimo! Não gostou? Ótimo também!

Ninguém é o dono da verdade! Isso é fato!

Venha debater conosco suas ideias, mas faça-o educadamente, pois a falta de respeito e de educação são os combustíveis dos fracassados e de parca argumentação!

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • A parte mais importante desta matéria que gostaria de destacar, vão ser as provocações dos anti, então vamos seguir os conselhos, nada de responder provocações idiotas nem criticar de.forma raivosa nosso elenco, chega de xingar nossos jogadores, mesmo os mais limitados. SRN

  • Concordo com todas as partes do texto, ainda mais na parte que menciona que querem desestabilizar o maior do Mundo. Isso aí Mengão, somos contra todos mesmo!!! SRN

  • Campeonato Brasileiro se você perde um jogo pode ser até por 6 gols de diferença pouco importa, mas o problema são esses mata-matas decisivos, tomar 2 gols já fica difícil reverter!
    O Flamengo tem que impor seu estilo de jogo, mas nesses jogos tem que tomar mais cuidado, não se lançar tanto, os laterais vão ter que ficarem muito atentos com as boas lançadas e o Cuellar cobre melhor as duas laterais que o Arão, o JJ não pode pegar birra dele nesse momento, tudo bem que o Arão não é o tal patinho feio como uma parte da torcida pinta, mas o Cuellar marca melhor! principalmente nesses jogos… espero que o JJ repense essa titularidade do Arão…

  • Futebol brasileiro vai começar a olhar mais tequinicos de fora principalmente Europa ,técnicos brasileiro se tornou muito previsível por falta de matéria prima de qualidade , jogador bomba sai cada vez mais cedo, aí só sobra retranqueiro e atacante fraco isso já vem de décadas por isso treinador brasileiro não evoluiu , Flamengo destoa por seus Bond de frente acima da média de outros times da série a , Jesus pode fazer três anos de história no Flamengo ,se a torcida compra a brinca se o time não ganhar títulos mais ao menos chegar nas finais jogando bem

  • DESBLOQUEAMOS OS CANAIS PREMIERE, TELECINE, HBO, COMBATE E CANAIS ADULTOS PARA ASSINANTES DE TV POR ASSINATURA DE QUALQUER LUGAR DO BRASIL E TAMBÉM REDUZIMOS O VALOR DA FATURA . SÓ PAGA DEPOIS QUE O SERVIÇO FOR FEITO. ZAP 11957454865.

  • DESBLOQUEAMOS OS CANAIS PREMIERE, TELECINE, HBO, COMBATE E CANAIS ADULTOS PARA ASSINANTES DE TV POR ASSINATURA DE QUALQUER LUGAR DO BRASIL E TAMBÉM REDUZIMOS O VALOR DA FATURA . SÓ PAGA DEPOIS QUE O SERVIÇO FOR FEITO. ZAP 11957454865

  • Trabalho parecido com o do Jesus, tem o Santos e Fluminense. E essa forma do Flamengo jogar só me dar medo de levar uma taca como aconteceu com Santos e Fluminense. Mais caso isso aconteça, espero que não, não vamos jogar pedra e sim dar força ao nosso time.