Jorge Jesus revela que preferiu Flamengo ao invés do Chelsea, da Inglaterra

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / MARCELO CORTES / FLAMENGO

O Flamengo se prepara para o jogo contra o Vasco da Gama, neste sábado (17), e Jorge Jesus, mesmo com quase dois meses no clube – deu início ao trabalho no dia 20 de junho -, ainda é assunto em grande parte da imprensa brasileira. O jornalista Paulo Vinícius Coelho entrevistou o treinador rubro-negro e se surpreendeu com uma revelação feita pelo português.

Jorge Jesus, em meio ao bate papo, contou que sua escolha pelo Flamengo não foi financeira, pois, caso fosse isso, ele poderia ter feito outras escolhas: “Se fosse pelo dinheiro, poderia ter ficado no Al Hilal. Poderia também ter ido a clubes da Inglaterra”. PVC, como é conhecido, então perguntou: “Pode dizer quais clubes?“.

Após o questionamento do jornalista, Jorge Jesus contou que tivera propostas de clubes da Inglaterra, como do Newcastle. O treinador ainda revelou  que após a saída de Maurizio Sarri do Chelsea, surgiu a oportunidade de comandar os Blues: “Meu agente não queria que eu viesse ao Brasil”. PVC questionou: “Quer dizer que você poderia estar no lugar de Frank Lampard, no Chelsea?”, o técnico do Fla respondeu: “Foi o que me disseram“.

Jorge Jesus já contou algumas vezes sobre ter enfrentado o empresário para que pudesse defender o Flamengo. Devido a isso, Paulo Vinicius Coelho indagou sobre a opção que o treinador tomou: “Você escolheu o Brasil ou o Brasil te escolheu?”, Mister, como gosta de ser chamado, não se prolongou: “Eu escolhi o Brasil”.

O treinador do Flamengo comanda o elenco, nesta sexta-feira (16), no último treinamento antes do jogo contra o Vasco da Gama. A atividade está marcada para ter início às 10h (horário de Brasília), e o técnico conta com o retorno de Gabigol ao time. A bola rola a partir das 19h (horário de Brasília) deste sábado (17), e o confronto é válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clássico vai ser disputado no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Veja também

  • Tenebroso, informa-te e não digas tu disparates.

  • Quantas baboseiras!

  • concordo com o Nicolas Gomes e acrescento que quando saiu do Benfica estava para assinar pelo AC Milan, mas atendendo ao que se sabe do Milan e pelo fato do seu Pai estar doente, optou pelo projeto do Sporting, ainda para mais porque foi jogador do Sporting e era um sonho treinar o Clube. O Milan como se vê não acerta uma e estava limitado nas contratações.

  • Gente o JJ n é burro ele n foi para o Chelsea, pq o time n pode contratar jogadores por 2 temporadas. E ainda por cima perdeu o Hazard e o David Luiz. Só louco ou iniciante (Lampard) para aceitar esse time.

  • kkkkkkkkkkkk, esse realmente é um piadista, comediante. Esse indivíduo nunca ganhou nada, fora de Portugal (lá pouca coisa), nunca treinou um TIME GRANDE ante do FLA (VEJAM CURRÍCULO NO GOOGLE), ai vem com esse de CHELSEA? Se aquiete e não invente que podemos ainda ganhar alguma coisa esse ano, porque a Copa do Brasil já nos tirou de forma humilhante no Maraca lotado, na Libertadores fez de tudo para nos eliminarmos

  • Libero todos os canais de TV e coloco 1800 filmes e 180 séries completas por apenas R$ 35 mensais. Teste de 2 horas grátis. Sem antena! Basta ter internet! WhatsApp: 21 988788640. Me chama e faça seu teste grátis.

  • Grande JJ!

  • Hoje em dia, não basta ser popular apenas em seu país. O Chivas Guadalajara, do México, tem a segunda maior torcida do mundo, perdendo apenas para a do Flamengo, mas é provável que na Alemanha ninguém tenha ouvido falar no Chivas. O Flamengo já nasceu grande, como já disseram aqui, chegou a esse patamar sem ter um dono, um mecenas, temos 40 milhões de torcedores, mas lá em Portugal diziam “que clube é esse?”, naturalmente achando, com a peculiar arrogância européia, que aqui ainda se vive em árvores e cavernas. Para se tornar respeitado nesse meio atual do futebol, é preciso ter duas coisas: grana e títulos. Nesse particular, estamos ainda engatinhando mas já começamos a atiçar a curiosidade dos europeus. Não podemos ainda competir com um Barcelona, Real Madrid ou PSG, em termos de grana, disputamos outros campeonatos, que distribuem prêmios bem inferiores aos europeus, não temos a mesma visibilidade mas já começamos a deixar nossa marca no mundo da bola por ter cacife para, por exemplo, repatriar um jogador promissor de 22 anos, como Gérson, e não apenas refugo do que os europeus não querem mais. Já chegamos ao ponto de atrair um treinador como JJ, que tinha outras opções melhores em termos financeiros, mas preferiu vir pra cá. Falta ainda muita coisa pra realmente começarmos a incomodar os gigantes europeus, mas estamos no caminho. Colocar um clube do Brasil no mapa do futebol atual, com atitude ousada e bom senso, ao mesmo tempo, tendo solidez financeira a ponto de fazer Balotelli “balançar” e pensar em vir pra cá, é só o começo que o Flamengo deixa de legado ao futuro. Se os clubes brasileiros adotassem a mesma postura para resolver seus problemas financeiros, já que temos 3 brasileiros entre as 10 maiores torcidas do mundo (Flamengo, Corínthians e São Paulo), e se as “otoridades” brasileiras deixassem um pouco de pensar no próprio bolso e parassem para “vender” o Campeonato Brasileiro” no mundo afora, estaríamos agora bem mais visíveis no resto do mundo. No momento, só o Flamengo vem provocando furor e curiosidade na Europa, justamente por causa da grana. Faltam os títulos de relevância, nacionais e internacionais, pra fecharmos o processo. Com JJ e um elenco desses, estamos no caminho. Basta ter paciência para esperar o time se encaixar e amadurecer. É um processo. Ninguém nasce já andando e falando. O que não pode é querer agredir jogador porque errou um passe num jogo, ou vaiar o time mesmo vencendo os jogos. O processo acaba, “poltroninhas”, demorando mais tempo que o desejado. JJ sabe o que faz, e a diretoria também. À torcida cabe apoiar, facilitar e abreviar esse processo. SRN

  • Quero dizer que o jj tenque ter mais cautela ,e quero saber se o flamenco tem algum outro atacante de olho

  • mentira essa hora da manha senhor jj? kkkkkkkkkkkkkkkkk srn

  • Jorge Jesus fez a escolha certa. Ele está certíssimo de ter escolhido o Flamengo ao invés de Chelsea. Não é pelo fato de eu ser flamenguista, mas sim pelo fato da história futebolística mesmo. O Chelsea veio se tornar um clube grande na Inglaterra há pouco tempo. Até muito pouco tempo atrás na Inglaterra só se falava de Manchester United, Liverpool e Arsenal. Posteriormente com o poder aquisitivo do russo que comprou o clube londrino é que Chelsea se tornou grande conquistando Champions e Premier League. Tottenham, Manchester City é a mesma coisa do Chelsea, só veio se tornar grande a pouco tempo. Já a história do Flamengo é completamente diferente, o clube já nasceu grande e hoje é gigante sendo o maior clube do Brasil. Saudações rubro negras!

  • O cara é competitivo e gosta de desafios. Isso deve ser respeitado.

Comentários não são permitidos.