De olho no rival: antes de encarar o Flamengo, Cuca deixa o comando do São Paulo

Foto: Marcos Ribolli

A derrota em casa para o Goiás custou caro nos bastidores do São Paulo. Nesta quinta-feira (26), a saída de Cuca foi anunciada pelo clube. O treinador deixa o Tricolor com um aproveitamento de 47,4%. O retrospecto recente não era favorável para permanência do comandante: na briga pelo G4, a equipe paulista não vencia há três jogos e acumulava a pior média como mandante entre os times do estado – são apenas quatro triunfos em 11 partidas disputadas.


Um banco sem tarifas! Venha para o BS2, aqui cuidamos de seu dinheiro, e você ainda ajuda seu time do coração!


Cuca foi o quarto técnico que passou pelo São Paulo desde 2018. Alvo de protestos recentes, o treinador comunicou sua insatisfação e optou pela não continuidade do trabalho. A diretoria, também desconfortável pelas cobranças, aceitou. O deslize contra Goiás e CSA, no Morumbi, pesaram para a decisão entre as partes.

O próximo desafio do Tricolor Paulista é contra o líder, no Rio de Janeiro. Único mandante 100% no Brasileirão, o Flamengo abre os portões do Maracanã para receber o São Paulo, em partida válida pela 22ª rodada. Apesar da proximidade na tabela, as situações das equipes são opostas. Com oito vitórias consecutivas, o Rubro-Negro vive seu melhor momento dos pontos corridos com 20 times.

Veja também

  • Libero todos os canais de TV (TELECINE, PREMIERE FC, COMBATE, HBO, DISCOVERY, INFANTIS, ADULTOS, ETC) e coloco 1800 filmes e 180 séries completas por apenas R$ 35 mensais. Teste de 2 horas grátis. Sem antena! Basta ter internet! Pare de pagar entre 200 e 400 para ter bons canais de TV. Meu WhatsApp: 21 988788640

  • Basta jogar SÉRIO, que ganha o jogo até com certa facilidade. O que não pode é acontecer aquela bobeira coletiva do gol do Inter. Joga SÉRIO que ganha. Agora que “derrubaram” o treinador, os jogadores do São Paulo, como que por encanto, vão “reaprender” a jogar futebol, então é preciso atenção e seriedade. A CBF tb está de olho, e ao primeiro cochilo acaba “colocando” o Palmeiras na liderança, e aí ninguém pega mais pois a CBF não vai mais parar de ajudar ao time do coração. Não pode dar mole. Tem que vencer jogando SÉRIO.

  • Vi assombrado aquele São Paulo do Muricy, tricampeão brasileiro de forma consecutiva, feito que acho muito difícil algum clube repetir. Ao meu ver, logo após grandes conquistas, os clubes brasileiros, em geral, são tomados de uma soberba e arrogância sem precedentes. Seus dirigentes e jogadores sobem num pedestal “Everestiano”. Passam a agir como se tudo que fizerem vai dar certo. Perdem o temor. E aí? O clube volta ao lodo novamente. Eis aí o São Paulo, Cruzeiro, Corinthians, e tantos outros. A história se repete. Só mudam os personagens. É como se eles precisassem ser bons gestores e profissionais apenas por um período até alcançarem determinado objetivo. Depois? Depois a gente faz de qualquer jeito e vai dar certo mesmo assim! Vide senhor saudoso Eurico Miranda. Infelizmente, acho que este é o caminho natural de todo clube brasileiro.

  • Tenho pena, um cara sério e bom profissional.
    Teve azar, um azar que se prolongou.
    Acontece aos melhores…

  • Proximidade? O autor da matéria está de brincadeira né? A diferença são de 13 pontos. Aonde está a proximidade?

  • sera que foi o daniel que derrubou ele;

  • isso é ruim, os jogadores dos bambi queriam o derrubar. agora eles vão jogar com mais vontade contra o Flamengo. maldito cuca ja se adiantou sabia que ia levar uma sonora goleada e sapecada e iria ser demitido pediu demissão antes.. safado

  • Ficou com medo de pegar um chocolate, e já se adiantou. Tá certo.
    Cuidado com a cuca que a cuca te pega, te pega daqui, te pega lá.
    Vai cair na conta de quem assumir o elenco.

  • Se o Fla voltar a jogar como estava nigsndo antes dessas últimas duas partidas não tem para ninguém…. precisa voltar a pressionar no campo adversário para roubar as bolas e fazer os gols, assim que estávamos fazendo mais gols e nossas melhores partidas… não sei por que mudou… ?

  • Silvio, não se muda esquema de jogo de um dia para outro. Até o jogadores compreenderem, já se passaram uns cinco jogos. E também não sei se o Jorge Jesus quer conhecer o Mancini, treinador comum.

  • Isso acaba sendo complicado, pois Mancini é um excelente técnico e conhece o trabalho de JJ, deve acompanhar o Flamengo. Já JJ não conhece o Mancini.

Comentários não são permitidos.