fbpx

Fabio Monken: “Maturidade e doutrinação no Maracanã”

FOTO: DIVULGAÇÃO/FLAMENGO

No último domingo (01), no Maracanã, vimos apenas um time em campo. O Flamengo massacrou o Palmeiras durante os noventa minutos. Foi uma doutrinação esmagadora. Arrisco a dizer que, talvez, tenhamos presenciado o surgimento do melhor Flamengo dos últimos 40 anos. Mas devemos ter, sempre, os pés no chão.

Explico. Para que isso aconteça, devemos observar vários fatores: a continuidade de Jorge Jesus no comando da equipe, a manutenção do elenco com mais alguns reforços necessários e a dispensa de alguns jogadores. Mas uma coisa podemos ter certeza, acabou o oba-oba!

Se, fundamentalmente, seguirmos nossa toada de austeridade financeira e boa gestão do departamento de futebol, as coisas tendem a dar muito certo e chegaremos à tão sonhada sequência de títulos. Nos faltava sermos hegemônicos, mas se mantivermos a pegada o seremos num curtíssimo espaço de tempo.

Com a exibição de ontem a maioria da mídia anti rendeu-se ao portuga e ao futebol praticado pelo Flamengo, e olha que o time ainda tem muito a evoluir, principalmente na parte defensiva. O trabalho do mister ainda está no início, mas o abismo tático entre os dois times no jogo de domingo foi muito perceptível.

O time rubro-negro vai se encaixando graças ao trabalho de todos, começando pela diretoria e culminando em excelentes atuações dentro das quatro linhas. Agora temos um treinador com capacidade de comandar o Mengão do jeito que ele merece. Simples assim.

Desde os idos de 2017 venho pedindo aqui, através desta coluna, a contratação de um técnico top 20 mundial. Por muitas vezes fui incompreendido devido ao ceticismo da maioria dos leitores quanto à estrangeiros, mas devo dizer que eu estava certo, ao menos desta vez.

A qualidade dos treinadores brasileiros, atualmente, é ruim por um simples motivo: falta de estudo e dedicação. Não me entendam mal, não quero dizer que todos são assim, mas a grande maioria e, fundamentalmente, os ditos medalhões, encaixam-se neste perfil.

As chegadas de Sampaoli no início do ano e, posteriormente, de Jorge Jesus evidenciam a diferença inconteste de qualidade dos trabalhos da dupla em relação aos treinadores nacionais, principalmente na parte tática e na visão do jogo.

Ontem, por exemplo, o Palmeiras começou melhor, dominando a meiuca, mas com cinco minutos de partida Jorge Jesus já observou isso e corrigiu o time, mudando o posicionamento de Gerson e Arão, o que fez com que ganhássemos o meio de campo e fôssemos arrasadores na partida.

Obviamente que temos muito a evoluir ainda, mas a lucidez das palavras do mister nos deixa bastante esperançosos. De acordo com JJ, ele vive o Flamengo 18 horas por dia, sempre escalará os melhores (respeitando suas condições físicas) nas partidas não escolhendo competição e entrará pra ganhar tudo. Temos observado nos jogos o Flamengo indo pra cima o tempo todo, sempre querendo ampliar o placar.

Esse perfil de treinador é o que esperávamos no início do ano e que, por uma escolha meramente política, fez com que perdêssemos seis meses de trabalho. Mas isso são águas passadas e as coisas entraram nos eixos mesmo que a correção tenha vindo tardiamente.

As peças de reposição do elenco são boas, mas necessitam melhorar. A qualificação do elenco para que trabalhemos com 25 ou 26 jogadores, já a partir da próxima temporada, faz-se necessária para que tenhamos um elenco de excelência e jogadores sempre motivados.

Acredito que seja essa a premissa da direção do Mengão para os anos que se sucedem. Agora é trabalhar para o aperfeiçoamento da equipe, pois teremos uma semana cheia de treinamentos novamente e, consequentemente, veremos mais evolução contra o Avaí, no Mané Garrincha, às 17 horas do próximo sábado.

É isso aí, fico por aqui e já os convido para que me acompanhem na próxima quinta-feira, onde falarei mais um pouco sobre a postura do Flamengo com um todo e nossa guinada esportiva neste ano de 2019. Grande abraço a todos e até quinta! Vai pra cima deles Mengo!!!

O Flamengo Simplesmente é!
Saudações Rubro Negras a todos!!!

Fabio Monken


Gostou? Ótimo! Não gostou? Ótimo também!
Ninguém é o dono da verdade! Isso é fato!
Venha debater conosco suas ideias, mas faça-o educadamente, pois a falta de respeito e de educação são os combustíveis dos fracassados e de parca argumentação

5 Comentários

  • FAZEMOS DESBLOQUEIO DOS CANAIS PREMIERE, TELECINE, HBO, COMBATE E CANAIS ADULTOS PARA ASSINANTES DE TV POR ASSINATURA DE QUALQUER LUGAR DO BRASIL E TAMBÉM REDUZIMOS O VALOR DA FATURA. SÓ PAGA DEPOIS QUE O SERVIÇO FOR FEITO WHATSAPP 11957540287

  • Colocações lucidas; serenas; sensatas e logicas. Principalmente com a falta de reci lgem e estudos dos treinadores medalhões do Brasil onde a maioria deles continuam se respaldando no histórico do passado sem conhecimento das inovações da escola européia exemplo temos temporiamente, conincidentemente ou não hoje temos como treinadores eurupeus o lider e o vice lider do brasileirão talvez com exceção do treinador do Grêmio q se fosse fazer um reciclagem na Europa seria futuramente um treinador top dos tops. Outro exemplo no passado vimos Felipão em Portugal(seleção) e Luxemburgo(Real Madrid). Voltaram ao Brasil.Regridiram a nível de conhecimento?????….fica a pergunta no ar.???.Outra colocação importante é sobre a falta de educação de alguns colegas aqui nessa coluna onde alguns esculhambam as pessoas até pejorativamente falando, atingindo as vezes até o lado pessoal da opinião de quem opina.Onde julgo q aqui seja um espaço democrático de aprendizado onde vejo q nessa vida é facultado a todos os pontos vista positivos e negativos. Ninguém nasceu sabendo. Só Jesus Salva (JJ) e ainda tem um João de Deus por trás. Kkkkkkkk.Parabéns Fábio pela suas Colocações lúcidas e sensatas.Avante MENGÃO vamos passo a passo até o titulo Mundial.

  • Bom!
    Vamos ser francos.
    Muito pela ideia preconceituosa injusta e historicamente alicerçada de boa parte da opinião publicada (também da opinião pública? ), relativamente aos portugueses, Jesus foi recebido com frieza e, reconheça- mo-lo, até com desprezo. Li alguns desses comentários. Hoje, decorrido pouco tempo, é praticamente um herói para a torcida do Flamengo. Como o futebol é vivido em registo bipolar, mais tarde ou mais cedo ainda vou ler, da parte daqueles que hoje o glorificam, que eles é que tinham razão quando no início profetizaram que o homem não duraria um mês.
    A isso eu chamo carácter e rigor.
    Um abraço.

  • É isso aí, pessoal. Também é pertinente o comentário do Rogério: embora o time tenha evoluído a olhos vistos, é óbvio que irá sofrer alguns reveses, não sei de nenhum time que tenha vencido sempre todos os seus jogos, por melhor treinado que seja. Espero que, no primeiro contratempo, essa facção bipolar da torcida não comece a pedir a saída do portuga…

  • Criação de sites e aplicativos para celular