Bruno Spindel revela detalhes da contratação de Pablo Marí e lembra empolgação de zagueiro

FOTO: RAFAEL FELICCIANO

O Flamengo viveu, há uma semana, o momento mais importante dos últimos 35 anos. A goleada sobre o Grêmio, em pleno Maracanã, foi contada por quatro nomes que chegaram à Gávea nesta temporada – Gabriel Barbosa, Bruno Henrique, Rodrigo Caio e Pablo Marí. Entre esses, apenas o espanhol não era conhecido pela maioria dos torcedores rubro-negros. Em entrevista ao blog do jornalista Rodrigo Mattos, Bruno Spindel, CEO do clube carioca, contou que Jorge Jesus já conhecia o atleta e, paralelamente, o departamento de scout aprovou suas características.

Jorge Jesus já conhecia o atleta (Pablo Marí) da Espanha e do La Coruna. Aconteceu de forma paralela, Jorge viu, o departamento de scout analisou e viu que o Pablo tinha todas as características necessárias para jogar aqui. Faltava questão de negócios, entender o que ele aspirava e se estava disposto a vir pro Brasil -, contou.


Como cuidar do seu dinheiro e ajudar o Flamengo ao mesmo tempo? Isso é fácil, com o Banco BS2!


Questionado sobre a conversa com os atletas durante esse processo, Spindel explicou que o papo entre atleta e dirigentes gera uma série de compromissos. Seguindo o tom do papo sobre Pablo Marí, o CEO revelou a reação do espanhol ao ser comunicado sobre o interesse da equipe carioca.

Com o Pablo foi assim, foi tranquilo. Ele me disse: “Estou disposto a ir para o Flamengo. Entendi o que é o Flamengo. Quero fazer história e desempenhar esportivamente no Flamengo. Não estou preocupado com o que vem depois. Estou preocupado em performar minha carreira no Flamengo e não penso mais em nada. Quero chegar lá e arrebentar”. Ele serve como um exemplo de uma resposta que você sente que o cara realmente está querendo -, revelou.

Pablo Marí chegou ao Flamengo em julho de 2019 e logo estreou na vitória contra o Botafogo, por 3 a 2, pelo Brasileirão. De lá para cá, foram 21 jogos (17v/3e/1d) e três gols – entre eles, o quarto contra o Grêmio pela semifinal da Libertadores. Pouco mais de três meses depois, o xerife se tornou o zagueiro com melhor aproveitamento de passes nesta competição continental.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *