Flamengo iguala próprio recorde invicto no Brasileirão de pontos corridos

FOTO: A. VIDAL/M. CORTES/ PAULA REIS/FLAMENGO

O último resultado não foi bom, mas a fase ainda inspira confiança. Na liderança do Brasileirão com oito pontos de vantagem para o segundo colocado, o Flamengo vive um dos melhores momentos da sua história, chegou também na final da Libertadores e se acostumou a destruir recordes e marcas históricas. Após empatar contra o Goiás, o Rubro-Negro atingiu mais um número impressionante: igualou a maior série invicta no Brasileirão de pontos corridos da sua história – são 16 jogos sem saber o que é uma derrota.

Em 2011, o Flamengo de Vanderlei Luxemburgo tinha Ronaldinho no comando do time. Na competição nacional, o Rubro-Negro teve uma sequência com nove vitórias e sete empates, perdendo pela primeira vez apenas na 17ª rodada do campeonato, em Agosto. O Fla marcou 31 gols e sofreu 19 naquela sequência, que teve direito à despedida do Petkovic (1 a 1 contra o Corinthians, em Junho) e ao histórico 5 a 4 sobre o Santos, na Vila Belmiro, no fim de Julho.


Como cuidar do seu dinheiro e ajudar o Flamengo ao mesmo tempo? Isso é fácil, com o Banco BS2!


O aproveitamento é melhor no atual momento: são 14 vitórias e só dois empates. Sob o comando de Jorge Jesus, o Mais Querido ganhou inacreditáveis 91,6% dos pontos disputados nas últimas 16 partidas – são 44 dos 48 disputados. O desempenho ofensivo melhorou, já que o Fla balançou as redes adversárias em 35 ocasiões. As atuações defensivas, porém, chamam mais ainda a atenção: o Rubro-Negro foi vazado apenas oito vezes, com uma média de um gol sofrido a cada dois jogos.

Com isso, o Rubro-Negro ficou a apenas um jogo de igualar sua melhor marca invicta em todas as edições do Campeonato Brasileiro. Em 1980, quando a disputa ainda envolvia uma fase de mata-mata, o Flamengo ficou 17 jogos sem saber o que é uma derrota. Caso faça o dever de casa e vença o Corinthians no Maracanã no próximo domingo (3), o Mais Querido iguala sua melhor marca. Assim, Gabigol e companhia ficarão a apenas uma partida – contra o Botafogo, no Engenhão, na próxima quinta-feira (7) – de entrar mais uma vez para a história.

Veja também