Gerson comemora ‘volta por cima’ do Fla, destaca lado torcedor e projeta Libertadores como “maior conquista”

FOTO: NAYRA HALM / FOTOARENA

O Flamengo passou uma reformulação no elenco para a temporada de 2019. Ao todo, foram nove contratações, com oito assumindo a condição de titular. Um desses casos foi o de Gerson, rubro-negro declarado. O atleta se prepara para disputar sua primeira final de Libertadores, podendo igualar um feito que, até então, só foi realizado uma vez na história do clube. O jogador, aliás, comentou sobre a grandiosidade do feito que pode realizar.

Em entrevista ao portal Lance!, o camisa 8 do Flamengo relembrou a trágica eliminação do Mais Querido na Copa Libertadores de 2008, quando a equipe foi derrotada por 3 a 0 pelo América do México, no Maracanã, após vencer por 4 a 2 no jogo de ida.

– Minha maior decepção como torcedor do Fla foi a eliminação para o América-MEX em 2008. E como é a vida, né?! Volto ao Brasil, para o Flamengo, e tenho a possibilidade de fazer a competição que foi a minha maior decepção como torcedor ser a minha maior conquista. Esse é o futebol –, contou o atleta.

Aos 22 anos, Gerson se tornou uma das contratações mais caras da história do Flamengo, após o clube desembolsar quase 12 milhões de euros para tirá-lo da Roma. Mesmo com o pouco tempo de casa, o atleta já demonstra total adaptação e identificação com a torcida rubro-negra. Além da Libertadores, Gerson também está prestes a conquistar o título do Campeonato Brasileiro e, desde já, escrever seu nome na história da equipe rubro-negra.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *