Matheus Brum: “A péssima associação do Flamengo com a política”

Salve, salve, companheiros e companheiras de Coluna do Fla. Recuperados da ressaca dos títulos? Pois é, confesso a vocês que a ficha ainda não caiu. Talvez, inclusive, demore muito tempo para chegar à compreensão do feito que conseguimos no último final de semana, com os títulos da Libertadores e do Campeonato Brasileiro.

Pois bem, passada a euforia da conquista, quero trazer aqui um assunto, já debatido neste ano, mas que vira e mexe aparece nos círculos rubro-negros: a associação do Flamengo com a política e o palanque dado aos políticos de plantão.

Na noite desta terça-feira, foi divulgado no Portal UOL que a diretoria vai dar um título de associação de honra para o vice-presidente da República Hamilton Mourão (PRTB). A justificativa é “um reconhecimento à pessoa de um rubro-negro ilustre”, segundo o vice-presidente de Comunicação, Gustavo Oliveira, que completou dizendo que “isto [a homenagem] é muito comum nos clubes e associações”.

No último final de semana, quem esteve a bordo junto com o elenco foi o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC). Até medalha da competição – um mimo da Conmebol, segundo o governante – ele ganhou. Segundo o jornal O Dia, o convite para assistir a final da Libertadores também foi estendido ao presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), André Ceciliano (PT).

Na semana passada, durante uma ida da direção até Brasília para uma homenagem ao clube, feita pela Câmara dos Deputados, o presidente Rodolfo Landim participou da abertura de um “simbólico” gabinete rubro-negro ao lado do deputado federal Alexandre Frota (PSDB).

Ao longo de todo o ano, a marca Flamengo foi utilizada de diversas formas por políticos do alto escalão nacional. O presidente Jair Bolsonaro (Aliança pelo Brasil) e o ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro (sem partido) desfilaram em partidas do clube. O presidente até levou uma camisa para o homônimo chinês, em seu tour pela Ásia. Não compareceu à final da Libertadores, segundo o colunista do Jornal O Globo, Lauro Jardim, por temer que o time perdesse e ele ficasse com a imagem de “pé frio”.

Ao longo de diversas colunas neste site e comentários no canal do Coluna do Fla disse que acho terrível esse palanque dado pelo clube aos políticos. E pelos relatos trazidos neste texto, não há uma preferência ideológica – uma vez que os “mimos” são distribuídos a representantes da esquerda, como o presidente da Alerj, André Ceciliano do PT, e da direita, como o governador Witzel e o presidente Bolsonaro – na escolha.

Só que estes espaços são contraditórios dentro da própria política do clube. No início do ano, ao negar uma homenagem ao ex-remador do clube Stuart Angel, morto pelas forças do Estado na Ditadura Militar, a diretoria justificou “que, por ser uma verdadeira Nação, formada por mais de 42 milhões de torcedores das mais diversas crenças e opiniões, não se posiciona sobre assuntos políticos”.

O clube, oficialmente, não se posiciona sobre assuntos políticos. Mas, na prática, é bem diferente. Ao permitir que políticos utilizem da imagem do Flamengo para se autopromoverem, o clube está se posicionando politicamente. Somos, como diz na nota, uma Nação de 42 milhões de torcedores. Uma homenagem como a de Mourão; a presença em um gabinete como o de Frota; o convite a Wilson Witzel para estar no mesmo avião que os jogadores; a presença do presidente Bolsonaro no estádio, e a negativa a uma homenagem a um ex-atleta morto pela Ditadura Militar brasileira, são atos políticos.


Como cuidar do seu dinheiro e ajudar o Flamengo ao mesmo tempo? Isso é fácil, com o Banco BS2!


E o futebol, principalmente o Flamengo, não precisa disso. Não precisamos destas associações para termos um grande time, uma grande torcida e ganhar títulos. Para aqueles que defendem uma aproximação com o Governo do Rio de Janeiro para ter o Maracanã, respondo: o governador precisa saber gerir um bem público, que custou mais de R$1 bi aos cofres públicos, sem precisar apelar para o lado de torcedor. O Maraca tem que ser nosso por mérito, não por politicagem.

Seja de esquerda ou de direita, qualquer alinhamento político de um clube de futebol é danoso e nefasto. Querem um exemplo? Só pegar como foi ruim para o Corinthians o atrelamento da imagem da instituição com o ex-presidente Lula (PT). O saldo disso foi um estádio cheio de problemas de corrupção e que é deficitário para o clube. O petista, inclusive, já recebeu vários presentes de administrações anteriores do Mais Querido, mostrando que esta prática, nefasta, não é algo recente ou exclusiva da gestão Rodolfo Landim.

O Flamengo não precisa de políticos! A ação do clube, institucionalmente falando, deve ser de repúdio a qualquer tentativa de utilização da marca Flamengo para fins políticos. Que a diretoria faça jus à nota oficial no caso Stuart Angel e respeite a Nação, que é formada por diferentes pensamentos ideológicos/partidários, de cor, religião e situação socioeconômica.

O Flamengo não é instrumento de fazer política!

Matheus Brum
Jornalista
Twitter: @MatheusTBrum


Gostou? Comente! Não gostou? Comente mais ainda! Mas, por favor, vamos manter o diálogo sem xingamentos ou palavras de baixo calão. O bom diálogo engrandece o homem e nos faz aprender, diariamente!

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Sergio ser Fla não vem aqui com papinho de lula x bolsonaro. Não queremos político de carona no sucesso do Fla. Quer falar besteira procura outro site. Vtnsc

  • Leandro Valete aqui não é o lugar para vc defender ditaduras. Daqui a pouco vai vir fazer apologia de direita e esquerda aqui. Cai fora!

  • Parei de Ler o texto quando vc citou que o Remador foi morto pelas forças da ditadura.
    Seu posicionamento é correto, mas é valido lembrar que não houve ditadura neste país.
    Houve governo militar, governo esse q cometeu “excessos” e atrocidades como a que levou a morte o remador citado.
    De mais a mais, a mistura não é legal, no entanto, não vejo nada de mais o clube que representou o país no exterior q subiu ao lugar mais alto, seja ignorado.
    Nada mais justo que receber homenagens.

  • Fora do Flamengo Bozo sequelado. Faz tempo que venho dizendo isso aqui neste site. Bozominions querem o SEU MITO no fla mas nos que pensamos e não estamos em transe sabemos que sua figura medonha so trará danos ao clube. Por este motivo rogo que este bozo dos infernos fique longe do nosso Clube do Coração. Vá para os porcos que eles te receberão de braços abertos no chiqueiro verde

  • Concordo plenamente. Essa catrevanhada tem de ser posta de lado. Principalmente esse Bozo.

  • RT por isso bandeira de Mello não se meteu com políticos durante sua presidência

  • O Flamengo não precisa desses sangue sugas ,por favor diretoria ,vamos acabar com essa balbúrdia que é esses políticos safados tentando de auto promover as custas da gente . Chegaaaaa

  • Meus amigos,em tudo que se prega vai existir favores e trocas ,quando vc dar bom dia pra alguem espera a volta da gentileza,biblicamente so colhem o que planta,jogadores sempre vai correr pela torcida que aplaude nos jogos.O mengão tb é falho como instituição,em tudo ha politica,ate no casamento,exquando a cerveja ,chopp.futebol o papo ultrapassou meu camarada,e hora de comprar uma boa pizza e amassar o bom bril.pra justificar tudo depende de uma boa POLITICA,ate no seu emprego não basta ser um grande e bom profissional se não ter harmonia com os colegas

  • O flamengo em nenhum momento se posicionou a favor ou contra qualquer politico, porém não podemos ser hipócritas para não admitir que precisamos da política “infelizmente”, para aprovar projetos por ex. como no caso do maracanã, talvez uma obra no estado e etc, por isso não devemos ignorá-los , não devemos é se posicionar esquerda, direita.. há pouco tempo atrás éramos praticamente perseguidos por políticos torcedores de outros clubes, caso do cesar maia, eduardo paes, cabral… que sempre trataram o clube com desdém, o maracanã já era pra ter sido nosso a décadas, o pequeno botafogo por ex, ficou com o engenhão pagando 60 mil ao município, “60 mil ” dinheiro de pinga, cesar maia deu o estádio para eles, o dudu prometeu terrenos para os antis e como já tinhamos ct não nos deram NADA !!! Enfim temos q respeitar o torcedor “político” como uma autoridade q torce para o clube, dar uma camisa, tirar uma selfie, receber uma homenagem não é nada demais, chegou a hora de aproveitarmos a maré e dropar essa onda !!!

  • O texto do Jornalista Matheus Brum está perfeito e irretocável! Bem oportuno! A Instituição Flamengo não deveria ser atrelada a nenhuma posição política, seja qual for a origem. O Flamengo é gigante por si só! Tem brilho próprio!

  • SERIA A MAIOR TRAGEDIA ESSA DIRETORIA ADMITIR, ESSES VANDALOS POLITICOS CORRUPTOS SE ENVOLVER A O CLUBE DE REGATA FLAMENGO; NAO DEPENDE DESSA CORJA LADROES CANALHA DA GOGERNAÇA BRASILEIRA E MAIS ESSA CORJA DO PRESIDENTE SE ENVOLVER COM O FLAMENGO LEVANDOI CAMISA DO FLAMENGO PRA FAZER NOME COM OUTROS PAISES, O FLAMENGO NAO PRECISA DESSA CORJA DE SALTEADORES DO BRASIL.

  • Não tem que associar a imagem do clube a NENHUM político, seja de direita, de centro ou de esquerda. A maioria deles não passa de sanguessugas e vagabundos e o que é pior: conseguem polarizar a opinião pública e a própria mídia, impedindo o surgimento de novas e honestas lideranças.
    Achei patética a “reverência” do governador diante do Gabigol e bem ele fez ao passar batido, deixando o babaca ajoelhado.
    Tua atitude foi um golaço, Gabigol!!!

  • DESBLOQUEAMOS OS CANAIS PREMIERE, TELECINE, COMBATE E CANAIS ADULTTOS PARA ASSINANTES DE TV POR ASSINATURA DE QUALQUER LUGAR DO BRASIL E TAMBÉM REDUZIMOS O VALOR DA FATURA. SÓ PAGA DEPOIS QUE O SERVIÇO FOR FEITO WHATSAPP 11957540287

  • Isso a diretoria atual piorou em relação a do bandeira de Mello. Landim como ex-petrobras e ex-eike tem mais fome por políticos

  • Espero que o Flamengo não sirva de palanque para nenhum desses vagabundos políticos,essa corja nojenta só quer tirar proveito da popularidade do clube, isso não é nada bom.

  • Falta do que falar!!!! Quem quer colar a imagem no Flamengo são os políticos não o Flamengo.

  • Se não gostar não é publicado o comentário.

  • Gozado, não me recordo de ter lido aqui qualquer comentário quando Lula e petistas utilizaram a imagem do Flamengo. Ruim proximidade do políticos e alimenta essa proximidade colocando um post político, o assunto não estava em destaque aqui.