Alisson considera Mundial ‘um sonho’ e analisa Liverpool: “Temos que melhorar para ganhar do Flamengo”

FOTO: AFP

Referência na renomada equipe inglesa, Alisson Becker já deixou claro que, no que depender dele, o cenário final entre Flamengo e Liverpool será completamente diferente de 1981. Eleito o melhor do mundo em sua posição, o goleiro revelou, durante a última coletiva de imprensa antes da decisão, que disputar a final do Mundial de Clubes sempre foi um dos seus sonhos.

Estou empolgado em estar aqui neste estádio jogando o Mundial de Clubes. É um sonho que se realiza. Quando eu era garoto, o Internacional foi campeão do Mundial em 2006. Desde então eu sempre sonhei com isso. Pode ser o primeiro título do Liverpool, contra um time muito forte. Estou muito feliz -, afirmou.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Revelado nas categorias de base do Internacional, Alisson deixou o Brasil em 2016 – para defender a Roma. Com atuações mais seguras, o brasileiro se consolidou no futebol europeu e chegou ao Liverpool em 2018. Neste meio tempo, conheceu e fez amizade com Filipe Luís, lateral do Flamengo e companheiro de Seleção. E foi justamente com o lateral que o arqueiro trocou ideias sobre a participação no Mundial de Clubes.

– Falei com o Filipe Luís antes do jogo deles contra o Al-Hilal. Ele é um grande amigo que tenho no futebol. Participo de um grupo do WhatsApp que o Gerson também está e também falei com ele. Tivemos a experiência de jogar contra um time mexicano, que é novidade para nós. A bola é redonda, o campo é o mesmo, mas as características mudam. Amanhã (21) a gente tem que melhorar muito e fazer mais (do que na semifinal) para ganhar do Flamengo, que é uma grande equipe com jogadores experientes e acostumados a jogar grandes decisões. Espero que seja um grande jogo e que a gente seja vencedor -, contou.


Como cuidar do seu dinheiro e ajudar o Flamengo ao mesmo tempo? Isso é fácil, com o Banco BS2!


Flamengo e Liverpool se reencontram no próximo sábado (21), após trinta e oito anos, no Khalifa Stadium, Qatar. A bola está prevista para rolar às 14h30 (horário de Brasília).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *