Em estreia no Carioca, Flamengo desperdiça chances claras e fica no empate sem gols com o Macaé

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

O Flamengo estreou no Campeonato Carioca na tarde deste domingo (18), dando o pontapé inicial à temporada de 2020. O resultado, porém, acabou não sendo o esperado. Com muitas chances desperdiçadas pelos crias da Gávea, o Rubro-Negro ficou no empate sem gols com o Macaé e somou apenas um ponto em seu grupo na Taça Guanabara.

O próximo compromisso do clube da Gávea acontece nesta quarta-feira (22), contra o Vasco da Gama. O duelo também terá como palco o Maracanã, e bola rola a partir das 21h (horário de Brasília).

O JOGO

Nos primeiros minutos de partida, já dava para perceber como o Flamengo se inseria em campo. Maurício Souza repetia o 4-1-3-2 de Jorge Jesus, com Hugo Moura se tornando o primeiro homem à frente da defesa para fazer a saída de bola. Vitor Gabriel era o jogador mais avançado, enquanto Lucas Silva se aproximava do centroavante.

Apesar de o Rubro-Negro se manter com a posse de bola no início, foi o Macaé quem teve a primeira grande oportunidade de abrir o placar, aos 18 minutos. Ramon perdeu a bola na defesa, Julinho se aproveitou e cruzou para Babi. Gabriel Batista passou da jogada, mas Matheuzinho se antecipou e conseguiu efetuar o corte, evitando o que seria o primeiro gol do adversário.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


O Fla se mostrava com muita dificuldade em furar a defesa do Macaé, que se fechava e tentava se aproveitar em contra-ataques. Prova disso é que a primeira chance da equipe somente foi surgir aos 35 minutos. Lucas Silva avançou pela esquerda, cortou para o meio e arriscou o chute de fora. A bola acabou passando com muito perigo ao lado da meta defendida por Jonathan.

Faltando poucos minutos para o primeiro tempo acabar, mais precisamente aos 44, o Flamengo teve a sua melhor chance no duelo. A equipe fez boa triangulação no meio, até a bola ser levantada na área. Lucas Silva apenas escorou de cabeça, e Hugo Moura chegou por trás para finalizar de primeira. O volante vez bom arremate, obrigando o goleiro Jonathan a realizar uma grande defesa.

Logo aos dois minutos da etapa complementar, o Rubro-Negro teve grande chance para abrir o placar. Matheuzinho recebeu grande passe de Yuri, que fez ótima jogada pela esquerda e cruza na medida para Vitor Gabriel. O centroavante tentou se antecipar, mas se enrolou e desperdiçou a chance para a equipe.

Já nos minutos finais, o Flamengo se mantinha mais do que nunca com a posse de bola e exercia pressão sobre o adversário, que não esboçava reação. Aos 33, mais uma chance desperdiçada. Hugo Moura fez o cruzamento, Wendel ajeitou de cabeça, e Lucas Silva furou a bola, perdendo grande chance. Após o lance, o garoto foi vaiado pela torcida e acabou substituído por Rodrigo Muniz.

Veja também

  • Realmente não acha legal vaiar os garotos mas o Vitor Gabriel parece um jogar preguiçoso, tem dar uma sacudida nele no centro de treinamento.

  • O Billy é bom de bola e merece uma oportunidade.

  • Porque Tiago Fernandes não foi nem relacionado para o jogo. Lucas Silva sempre fica à desejar.

  • Realmente não acho legal vaiar o garoto, pois estão começando no profissional, portanto, ao invés de vaiar teriam que apoiar, pois acredito que essa seria a conduta correta, temos que ter mais calma e cautela com estes jogadores, foi primeiro jogo!

  • jose carlos Rodrigues barbosa carmen lucia ferreira barbosa em 18:16

    Torcidinha ordinária essa, vaiar um garoto, ao invés de aplaudir, esses animais vão a estádio e sabendo que o time vai colocar os garotos da base tem e que aplaudir, são torcedores de merda.

  • É um time de garotos, vitor gabriel não foi bem, vamos ter que ganhar do Basco….

Comentários não são permitidos.