Romário relembra retorno ao Brasil para defender o Flamengo: “Fiz história de um jeito que poucos fizeram”

FOTO: FOLHAPRESS

Há exatos 25 anos atrás, o futebol brasileiro parava para acompanhar o Flamengo, que promovia a estreia de Romário, eleito o melhor jogador do mundo pela FIFA um ano antes. O ex-atacante relembrou o momento em suas redes sociais e, não deixando de lado a polêmica, mandou um recado para pessoas que criticaram a sua escolha.

Há 25 (anos), eu deixava o Barcelona pra estrear no Fla. Felicidade não se define pelo que acham, dinheiro é bom, mas eu fiz história de um jeito que poucos fizeram e tenho muito orgulho. E f***-se o q os outros acham. Quem quiser, calce as minhas chuteiras e façam o que eu fiz!“, escreveu o ex-jogador.

CONFIRA A PUBLICAÇÃO:


Qual será a próxima vítima do Flamengo? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


O Flamengo, com ajuda financeira de empresas, desembolsou 4,5 milhões de dólares (ressalta-se que o câmbio do dólar para o real estava um para um) para contratar Romário em 1995. O atacante, à época com 28 anos, estava no auge da carreira depois de ter sido o protagonista da seleção brasileira na conquista da Copa do Mundo de 1994 e escolhido o melhor jogador do mundo.

25 anos depois de acertar com Romário, o Flamengo poderá dar nova alegria para sua imensa torcida e concretizar a contratação em definitivo de outro jogador badalado. Trata-se de Gabigol, herói na conquista do título da Libertadores 2019, e que tem os seus direitos pertencentes à Inter de Milão. O Rubro-Negro avançou nas tratativas com os italianos e se aproximou de um final feliz envolvendo o artilheiro.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Entregou bem menos do que podia, essa é a verdade!

  • A Coluna do Flamengo tem obrigação de publicar a matéria do Lúcio de Castro denunciando as relações nebulosas do Azeite Royal, patrocinador do Flamengo, e a X tudo.
    Vemos diariamente tantas matérias irrelevantes na Coluna q não tem cabimento um assunto tão sério ser negligenciado.
    SRN.

  • Uma vez Flamengo sempre Flamengo.Que orgulho ser Flamengo!