Recopa: Rubro-negros compram mais de 57 mil ingressos para decisão no Maracanã

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

Buscando conquistar todas as competições que disputar em 2020, o Flamengo tem uma decisão importante na próxima quarta-feira: o jogo de volta da Recopa Sul-Americana. Para o confronto contra o Independiente del Valle, quarta-feira (26), no Maracanã, os torcedores do Mais Querido já compraram mais de 57 mil ingressos.


Assista à Recopa, entre Flamengo e Del Valle, DE GRAÇA, PELO CELULAR!


Assim como na temporada passada, a Maior Torcida do Mundo segue fazendo a diferença nas arquibancadas dos estádios que o Rubro-Negro atua. Contra o Independiente del Valle não será diferente, e o Flamengo precisa de uma vitória simples para ficar com o título da Recopa.

Com a equipe principal, o Flamengo disputou três partidas no Maracanã em 2020 e ainda não perdeu. Foram oito gols marcados e três sofridos. O último compromisso no maior estádio do mundo foi contra o Fluminense, na semifinal da Taça Guanabara, onde o Mais Querido venceu por 3 a 2.

Para a decisão diante do Independiente del Valle, os sócios-torcedores não poderão acessar o estádio com o cartão-ingresso. Todos devem retirar as entradas nos pontos físicos. Não haverá retirada no dia da partida.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • As garotas mais quentes esperando por você para — Hotsial.Com

  • Eles nem vão ver a bola!
    Vão ficar tontos só com o grito da nação…

  • Agora é que eles vão entender o que é “pressão”. Vamos ver se vão fazer graça como fizeram lá. Empataram jogando com 20 contra 11 (os 11 mais altitude, mais quarteto de arbitragem e VAR), com 2 gols de bola parada. Depois do segundo do Flamengo queriam briga, confusão e peitaram o árbitro até ele inventar aquele pênalti. E ainda distribuíram socos, pontapés e cotoveladas à vontade. O goleiro quase matou o Bruno Henrique, e nem amarelo levou. Quero ver essa “valentia” toda é no Maracanã. Menos de 4 eu nem comemoro.