Vai encarar? Invicto no Maracanã, Jorge Jesus tem aproveitamento de quase 93% no estádio

FOTO: PAULA REIS / FLAMENGO

O Flamengo venceu por 2 a 1 a Portuguesa, no último sábado (14), em um jogo sem torcida. Devido ao surto de coronavírus, a partida aconteceu de portões fechados e os torcedores não tiveram acesso ao estádio. O Rubro-Negro chegou a estar perdendo o duelo, mas, após Vitinho marcar o primeiro do Fla, De Arrascaeta fez o gol da virada já nos acréscimos do confronto, evitando assim a primeira derrota de Jorge Jesus no Maracanã.


Qual será a próxima vítima do Flamengo? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Isso porque, o treinador do Flamengo já soma 28 jogos pelo Flamengo no Estádio Jornalista Mário Filho. Ao todo, o Mister, como gosta de ser chamado, tem 25 vitórias, três empates e ainda não perdeu na praça esportiva onde o Rubro-Negro manda suas partidas. O aproveitamento de Jorge Jesus é de 92,8% no Maracanã, como divulgou o Mais Querido em suas redes sociais.

Jorge Jesus foi contratado pelo Flamengo em junho de 2019. Desde que chegou, o comandante modificou a forma do time jogar e caiu nas graças da torcida. Ao todo, ele tem 51 partidas pelo Rubro-Negro, com 38 vitórias, nove empates e apenas quatro derrotas – sendo uma destas na prorrogação, para o Liverpool, na final do Mundial -, somando assim 80,3% de aproveitamento.

O treinador levantou cinco troféus pelo Fla, até então: Brasileirão e Libertadores na última temporada, e Supercopa do Brasil, Taça Guanabara e Recopa Sul-americana em 2020. O contrato de Jorge Jesus termina em meado de junho com o Flamengo, e as partes já abriram negociação para a renovação. Porém, as tratativas ainda não têm prazo para um desfecho, embora tanto o técnico quanto o clube demonstrem o interesse de estender o vinculo.

Veja também

  • Tem gente aí que se esquece de uma coisa muito importante: o futebol mudou. O futebol brasileiro sempre dependeu demais de seus craques, só na icônica Seleção de 1970 o Brasil tinha 5 “camisas 10” em campo: Pelé, Tostão, Rivelino, Gérson e Jairzinho. Então, segundo alguns, foi só jogá-los em campo e esperar as goleadas, sem um sistema de jogo, sem esquema de jogo, sem jogadas ensaiadas, sem treinamentos específicos, sem nada. Ficamos muito tempo assim, dependendo dos “craques” que o futebol brasileiro produzia a cada ano (cada vez menos). Os esquemas de jogo não mudavam, tudo permanecia na mesma, Felipão queria ganhar a Copa de 2014 com o mesmo esquema com que ganhou em 2002! Tomou de 7×1 da Alemanha, e nem assim o futebol brasileiro aprendeu alguma coisa com aquilo. Tudo continuou na mesma, e Felipão continua sendo um dos treinadores mais valorizados do país. Foi só chegar um português inteligente e trabalhador por aqui, com idéias novas, liderança e muita capacidade de trabalho, trazendo métodos de treinamento há muito utilizados na Europa, que o Flamengo virou um “bicho-papão”, derrubando técnicos (inclusive Felipão) e conceitos arcaicos. Claro que contou com excelentes jogadores, mas a maioria deles já estava com Abel, e Abel , outro renitente em se reciclar e atualizar, não conseguia fazer o time jogar. O Mister conseguiu o que nenhum outro conseguiu: que os jogadores e diretoria “comprassem as idéias” dele. Nada do que ele faz é novo, quem viu a Seleção Holandesa de 1974, a “Laranja Mecânica, sabe do que estou falando. Tiago Nunes, no Corínthians, tenta fazer a mesma coisa mas já sofre críticas e contestação do próprio elenco e da diretoria, que o contratou justamente pra mudar “procedimentos arcaicos”…rsrs. Enquanto existir gente que acha que, ainda hj, somente o “craque” resolve, outros 7×1 virão. Enquanto existirem treinadores (e torcedores) por aqui que acham que o Mister “não é lá essas coisas”, o Flamengo vai continuar ganhando tudo o que disputa. Graças a Deus. SRN.

  • Engraçado que os mesmos timacos foram postos nas mãos de ze Ricardo, Barbieri e Abel Braga e nada conseguiram. O problema é que falar e fácil e todos falam. Agora fazer e um pouco mais difícil.

  • O time que o Flamengo tem qualquer um é treinador. Esse Jorge Jesus é um tecnico normal. Coloque ele num time fraco sem dinheiro pra contratações pra ver se ele ganha algum titulo.
    Em 1996 o palmeiras tinha um timaço que fez 102gols no campeonato paulista. Aquele time tbm não precisava de tecnico

Comentários não são permitidos.