Equador vive caos com o coronavírus; Flamengo ainda fará dois jogos no país, pela Libertadores

FOTO: GOVERNO DE GUYAS / AFP

O Flamengo passou pelo Equador no início deste ano, quando enfrentou o Independiente Del Valle, pelo primeiro jogo da Recopa Sul-Americana, que terminou 2 a 2. A partida aconteceu em fevereiro, mas o que ninguém poderia imaginar é que, cerca de um mês depois, o país seria o mais afetado pelo Covid-19.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Desde março que o Equador vive um momento bastante conturbado devido ao vírus. Até a manhã de sexta-feira (03), foram contabilizados 3.368 casos (mais 3.661 suspeitos) e 145 mortes confirmadas. Porém, existe a desconfiança de que o número seja ainda maior. Isso porque, embora tenha exames disponíveis, não há capacidade para processá-los, como informou o site do Globo Esporte.

A cidade de Guayaquil é a região mais afetada no país. O local tem 2.388 casos (quase 71% do total) e a maior taxa de mortalidade por Covid-19 na América Latina. Com isso, o sistema funerário do país entrou em colapso, e as ambulâncias precisam escolher entre tentar salvar os doentes ou recolher os corpos. Na última quarta-feira (01), por exemplo, cerca de 150 corpos foram removidos, ainda sem o teste para a doença.

Os vídeos que circulam são fortíssimos e muito chocantes. Com pessoas mortas nas ruas e demoram muito a recolher os cadáveres. É consequência de a saúde pública estar transbordada. Não há leitos e não há como fazer os testes, assim como em outros países. As ambulâncias não dão conta, e priorizam salvar os doentes do que retirarem os mortos -, disse o Bruno Piñatares, volante do Barcelona de Guayaquil, em entrevista ao jornal uruguaio “Ovación“.

Flamengo irá voltar ao Equador

O Flamengo tivera que dar férias coletivas ao elenco, comissão técnica e funcionários do clube. Porém, o Rubro-Negro ainda tem, pelo menos, quatro jogos para cumprir da fase de grupos da Libertadores da América. Dois destes serão no Equador. O primeiro será contra o Independiente del Valle, pela terceira rodada do grupo A. Já o segundo, pela quarta rodada, será diante do Barcelona de Guayaquil.

As partidas da Libertadores da América ainda não têm prazo para serem disputadas. Isso porque, a Conmebol havia suspendido a competição sul-americana, inicialmente, até o dia 5 de maio, mas já cogita ampliar este prazo para que todos os países reúnem melhores condições. Há ainda a questão de algumas fronteiras estarem fechadas. Os equatorianos interromperam seus jogos desde o dia 14 de março.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *