Ex-Flamengo, Mancuello relembra situação inusitada com Donatti antes de treino no Ninho

FOTO: DIVULGAÇÃO / FLAMENGO

Os argentinos Mancuello e Donatti tiveram passagens apagadas com a camisa do Flamengo, mas não podem dizer que não têm história de bastidores para contar. Em entrevista concedida ao canal “Barbaridade”, no YouTube, o ex-meia rubro-negro, hoje atuando no futebol mexicano, relembrou uma situação inusitada com o zagueiro, quando ambos foram parados pela polícia, a caminho do Ninho do Urubu.

O Donatti tinha alugado um carro porque havia chegado há pouco tempo. Passou na minha casa, fomos juntos para o Ninho, quando do nada apareceu a polícia. Parou a gente. Descemos do carro, o policial chegou com cara de bravo e pediu a carteira de motorista. Expliquei para o Donatti o que era, e ele chegou para mim e falou que não tinha. Contei uma mentira inacreditável (para o policial), e ele me pediu os documentos do carro. Olhei para o Donatti e ele me falou que também não tinha.

O policial falou forte com o Donatti, pedindo pra ele abrir a mala. E o Donatti colocou a mão no teto, achando que o policial estava pedindo pra revistá-lo, aí eu comecei a dar risada, de dar dor na barriga. O policial ficou muito bravo, porque não sabia o que estava acontecendo. Eu falei que o cara não estava entendendo nada (risos). Nesse dia, nem consegui treinar, de tanto que eu ri ao lembrar disso. A primeira coisa que eu fiz foi contar pra todos -, relembrou Mancuello.


Qual será a próxima vítima do Flamengo? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


CONFIRA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

Veja também