Dirigente da CBF prevê volta do futebol em junho e não descarta todos os jogos do Brasileirão sem público

FOTO: PAULA REIS / FLAMENGO

O Secretário-geral da CBF, Walter Feldman, voltou a se manifestar sobre a possibilidade de retomada do futebol após a volta os treinos pelos clubes. Em entrevista concedida à “Reuters”, o dirigente falou em um retorno das competições em junho, mas não descartou a possibilidade de o Brasileirão ter todos os jogos com portões fechados.

Maio é o período mais dramático da doença e vamos ver as portas que vão se abrir em junho… o aprofundamento da crise, agora, significa que logo em seguida deve vir o abrandamento. Dependendo da curva da doença aqui no país… mais um mês ou um mês e meio após o pico. Maio abre portas, junho abre outras adicionais e não duvido que em junho, com a volta dos treinos, protocolo sustentado e possibilidade de flexibilização das autoridades de saúde, o futebol possa voltar com restrições.

Parar foi necessário e voltar é possível. Esse é o grande aprendizado com o retorno do alemão… a Alemanha é uma ótima sinalização. Podemos ter sim só jogos com portões fechados… em países a epidemia vai e volta, tem novas ondas. Aglomerações mesmo só com vacina e controle absoluto -, afirmou Feldman.


Produtos oficiais do Flamengo com descontos incríveis


Procurando viabilizar o retorno das atividades, o Flamengo se reuniu com o presidente da República, Jair Bolsonaro, na manhã desta terça-feira (16), em Brasília. O clube foi representado pelo presidente Rodolfo Landim e pelo chefe do departamento médico Márcio Tannure. Assim como o mandatário rubro-negro, Bolsonaro é a favor da retomada do futebol.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *