Ex-médico do Flamengo critica postura da diretoria sobre retorno do futebol: “Não acho que é coerente”

FOTO: ISABELLE XAVIER/COLUNA DO FLA

Nesta terça-feira (19), Rodolfo Landim e Dr. Márcio Tannure, presidente e chefe do departamento médico do Flamengo, e Alexandre Campello, mandatário do Vasco, se reuniram com o presidente da república, Jair Bolsonaro, para discutir uma possível volta do futebol. No entanto, o debate sobre o retorno das atividades durante a pandemia Mundial da Covid-19 recebeu duras críticas. O ex-médico do Mais Querido e da Seleção Brasileira, Dr. José Luiz Runco, comentou que entende a postura dos clubes, mas ressaltou ‘falta de coerência’ para lidar com o assunto.

– Eu acho que existem duas coisas distintas: existe uma preocupação, sem dúvidas nenhuma, com o aspecto do clube, que nós entendemos. E existe uma posição da área médica que não me parece com preocupação de área médica. Porque eu acho que quando você tem preocupação de área médica, você não pode ter instabilidade. Em momentos parecer que você está dentro de uma UTI e outros momentos que você está desligado. Eu acho que essas coisas teriam que ter mais coerência, mais tranquilidade -, disse o Dr, antes de continuar:

– Vejo os clubes com uma necessidade muito grande de retornar as atividades influenciado por uma série de fatores. E eu, evidentemente, fico olhando como isso seria colocado. Até porque existe uma determinação das autoridades sanitárias que devem muito ser respeitadas. Quando você tem doenças de ordem infecciosa, você tem que respeitar os pontos de vista dos profissionais dessa área. Então, não podem profissionais de outra área da medicina acharem que vão resolver o problema. Não acho que é uma postura coerente, mas, volto a dizer, entendo a necessidade dos clubes, mas não acho que estão tendo uma postura coerente com o que a gente tem observado -, concluiu Runco, em entrevista concedida à Fox Sports. 

Ainda que o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, tenha prorrogado o decreto de isolamento social e garantido que “os clubes não tem permissão para a volta aos treinos”, o Flamengo reabriu as portas do Ninho do Urubu na última segunda-feira (18). Jogadores e funcionários realizaram uma nova testagem para a Covid-19 e foram submetidos à uma série de avaliações físicas. Nesta quarta (20), o Globo Esporte, através de imagens aéreas, flagrou a realização de atividades nos campos do centro de treinamento.

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *