Flamengo emite comunicado após falecimento de Jorginho, massagista do clube

FOTO: DIVULGAÇÃO / FLAMENGO

O Flamengo divulgou uma nota na tarde desta segunda-feira (04), para comunicar o falecimento de Jorge Luiz Domingos, mais conhecido como Jorginho, massagista do Flamengo por 40 anos. Aos 68 anos de idade, ele foi vítima do novo coronavírus.

Confira o comunicado na íntegra:

É com muita tristeza que o Clube de Regatas do Flamengo comunica o falecimento do massagista Jorge Luiz Domingos, mais conhecido como Jorginho, funcionário mais antigo do Departamento de Futebol e com quatro décadas dedicadas com muito amor, carinho e seriedade ao clube.

Jorginho estava internado no Hospital da Ilha do Governador e sofreu parada cardíaca após complicações da Covid-19 nesta segunda-feira (04/05). Ao longo de 40 anos, Jorginho conquistou inúmeros títulos com o Flamengo e foi peça muito importante no pentacampeonato mundial da Seleção Brasileira em 2002.  

O Clube de Regatas do Flamengo presta condolências à família, amigos e companheiros de trabalho de Jorginho e agradecerá eternamente por toda a sua dedicação durante muitos anos ao Rubro-Negro.

Principais títulos de Jorginho pelo Flamengo

Mundial de Clubes: 1981
Libertadores: 1981 e 2019
Mercosul: 1999
Copa Ouro Sul-americana: 1996 (invicto)
Recopa Sul-Americana: 2020
Supercopa do Brasil: 2020
Campeonato Brasileiro: 1982, 1983, 1987, 1992, 2009 e 2019
Copa do Brasil: 1990 (invicto), 2006 e 2013
Campeonato Carioca: 1981, 1986, 1991, 1996, 1999, 2000, 2001, 2004, 2007, 2008, 2009, 2011, 2014, 2017 e 2019


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Em seu perfil oficial no Twitter, o vice de futebol Marcos Braz também se pronunciou sobre o falecimento do massagista: “Vai com Deus“, publicou o dirigente, colocando também uma imagem de Jorginho segurando a taça da Libertadores, conquistada pelo Flamengo em 2019, em Lima, no Peru.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Muita história para contar. Um recorde de títulos.

  • Grande perda do Flamengo.
    Tenho 48 anos e desde quando acompanho o Mengão a partir de 1982, quando tinha 10 anos, via ele na grande maioria dos pôsteres do Flamengo.
    Excelente profissional.
    Que Deus possa confortar e dar forças a todos os familiares e amigos.