Flamengo envia representantes à sede da Vigilância Sanitária para esclarecer sobre atividades no Ninho

Por: Isabelle Costa e João Pedro Granette

O Flamengo enviou representantes do clube à sede da Vigilância Sanitária nessa sexta-feira (22), para esclarecer dúvidas da Prefeitura do Rio de Janeiro, sobre as atividades no Ninho do Urubu. A Prefeitura do Rio de Janeiro multou o clube Rubro-Negro em 2.967 reais, pela retomada das atividades no Centro de Treinamento George Helal, com o elenco profissional e comissão técnica. As autoridades consideraram que o Flamengo infringiu o Código Sanitário do município.

Em contato com a reportagem do Coluna do Fla, o clube afirmou que representantes esclareceram à Prefeitura sobre a volta dos treinos. Os fiscais da Vigilância Sanitária foram ao Centro de Treinamento George Helal na quinta-feira (21), para averiguar as atividades realizadas no local, no entanto, os treinos já tinham sido encerrados. Por isto, não conseguiram realizar a vistoria pois não havia nenhum funcionário que pudesse acompanhá-los.

A autuação foi baseada no artigo X, do Código Sanitário Municipal, que consiste em “Dificultar a ação fiscalizatória das autoridades sanitárias competentes no exercício de suas funções e, também, constranger ou tentar subornar servidor público”. No início da semana, os jogadores e integrantes da comissão técnica retornaram ao Ninho do Urubu para realizarem uma segunda bateria de exames para a Covid-19, após 65 dias sem atividades no CT. O elenco profissional voltou à treinar nessa quarta-feira (20), em grupos separados nos campos 1 e 5.

Ganhe dinheiro com capinhas e acessórios do Mengão!

O Flamengo emitiu um comunicado nessa quinta-feira (21), reforçando que os jogadores, comissão técnica e funcionários do Departamento de Futebol se sentem seguros com a volta dos treinos. Em nota, o clube afirmou que a retomada dos treinos aconteceu na quarta-feira (21), e que todos os protocolos de segurança estão sendo praticados pelo clube neste retorno. Além disso, o Flamengo também informou que a retomada das atividades aconteceu em acordo com a Federação de Futebol do Rio de Janeiro.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *