Rumo ao Flamengo, goleiro do Sport revela sonho de ‘jogar em clube grande’ e comemora: “Estou tendo o privilégio de viver”

FOTO: REPRODUÇÃO

O Flamengo negociou com o Sport e garantiu a presença de três novos atletas para as categorias de base: o goleiro Kawê, o meia Fernando e o atacante Riquelmy. A transferência de jogadores faz parte de um processo para tentar reduzir os impactos causados pela pandemia Mundial do novo coronavírus. Além do Rubro-Negro, o Sport também negocia com Corinthians e Atlético Mineiro. Neste sábado (23), o defensor Kawê Garcia, em seu Instagram oficial, comentou a ida para o Mais Querido, revelou o sonho de jogar em um ‘clube grande’ e afirmou se sentir privilegiado por alcançar seus objetivos. Confira a publicação:

View this post on Instagram

Quando eu era pequeno pensava em um dia poder jogar em um clube grande, sonhava com a seleção brasileira, sonhava com tudo isso que hoje estou tendo o privilégio de viver. Hoje posso dizer a todos os meninos de interior, de qualquer lugar, que não desista do seu sonho, não importa de onde você seja, não importa se tem dinheiro ou não. A única coisa é nunca desistir! Eu sair de uma cidadizinha pequena do interior de Pernambuco chamado venturosa, já falaram muito que eu nunca iria jogar na seleção Brasileira, pois eu era de interior. E muitos deles me falavam isso, e hoje… Hoje, olha só, eles estão me vendo fazendo tudo aquilo que eles disseram que eu não iria conseguir, hoje estou vivendo um momento da minha vida inexplicável, não tenho palavras para descrever tudo isso que vem acontecendo em minha vida profissional. Quero agradecer a Deus por tudo! Eu sempre pedia a ele só uma oportunidade e olha quem me tornei, olha para trás e ver tudo que passei pra hoje estar aqui. É muito gratificante. Tenho muitas metas e sonhos para serem conquistados ainda. Obrigado a todos que torce por mim e me apoia sempre. E independente de tudo que eu ja ouvi de muitos deles, eu tenho orgulho sim, de levar o nome da minha cidade por esse Brasil!❤️?

A post shared by KAWE GARCIA ?? (@kawe_oficial05) on

“Quando eu era pequeno pensava em um dia poder jogar em um clube grande, sonhava com a seleção brasileira, sonhava com tudo isso que hoje estou tendo o privilégio de viver. Hoje posso dizer a todos os meninos de interior, de qualquer lugar, que não desista do seu sonho, não importa de onde você seja, não importa se tem dinheiro ou não. A única coisa é nunca desistir! Eu sair de uma cidadizinha pequena do interior de Pernambuco chamado venturosa, já falaram muito que eu nunca iria jogar na seleção Brasileira, pois eu era de interior. E muitos deles me falavam isso, e hoje… Hoje, olha só, eles estão me vendo fazendo tudo aquilo que eles disseram que eu não iria conseguir, hoje estou vivendo um momento da minha vida inexplicável, não tenho palavras para descrever tudo isso que vem acontecendo em minha vida profissional. Quero agradecer a Deus por tudo! Eu sempre pedia a ele só uma oportunidade e olha quem me tornei, olha para trás e ver tudo que passei pra hoje estar aqui. É muito gratificante. Tenho muitas metas e sonhos para serem conquistados ainda. Obrigado a todos que torce por mim e me apoia sempre. E independente de tudo que eu ja ouvi de muitos deles, eu tenho orgulho sim, de levar o nome da minha cidade por esse Brasil!”


Ganhe dinheiro com capinhas e acessórios do Mengão!


O Sport não vai receber nenhuma contrapartida com a transferência do trio, mas mantém 40% dos direitos econômicos de cada atleta. Todavia, conforme relatado pelo presidente do clube de Recife ao jornal Diário de Pernambuco, o contrato prevê duas cláusulas. A primeira é que, caso sejam utilizados por uma minutagem correspondente a quatro jogos na equipe profissional do Mais Querido, o Sport será recompensando financeiramente: “Se eles chegarem a jogar 300 minutos pelo time profissional, a gente recebe R$ 500 mil por cada e continuamos com 40%”. A segunda, por sua vez, diz que, caso eles não sejam aproveitados, o Leão tem a preferência do retorno: “O Sport tem a opção da devolução”.

Veja também