Após um ano no Flamengo, Rafinha afirma: “Se tivesse pensado no dinheiro, tinha ficado na Europa”

FOTO: RICARDO MOREIRA

O lateral direito Rafinha, chegou ao Flamengo em junho de 2019 e desde então, fez história vestindo o Manto Sagrado. Considerado um dos grande líderes do elenco, o camisa 13 foi fundamental nas conquistas recentes do Mais Querido. Em entrevista ao ‘Aqui com Benja’, do Fox Sports, o jogador revelou o porquê de ter escolhido o Flamengo em meio à propostas de times como a Inter de Milão, PSG e o próprio Bayern. Segundo ele, se fosse por conta de dinheiro, ele teria seguido pela Europa.

Se eu tivesse pensado no dinheiro, eu tinha ficado na Europa. Eu tinha proposta da Inter de Milão, tinha a chance de renovar com o Bayern, tinha proposta da Espanha, da Rússia, chegou proposta do PSG depois da saída do Daniel Alves. Mas eu já tinha dado minha palavra para o Flamengo. Eu tinha o desejo de jogar no Brasil, sentir o calor da torcida, mas era uma aposta. Escolhi honrar minha palavra, mas foi uma situação difícil. Mas o que eu vivi no Flamengo nesse ano, não tem dinheiro que compre. Conquistei muitos títulos e deixei meu nome na história do clube – disse.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Rafinha voltou ao Brasil após 14 anos na Europa. Multicampeão pelo Bayern de Munique, Rafinha defendeu ainda Schalke 04, na Alemanha, e a Genoa, na Itália. No total, foram 489 partidas, 402 como titular (82%) e 19 gols marcados. Na Bavária, foram 18 títulos conquistados, sendo sete Bundesligas e uma Champions League. Em um ano de Flamengo, o atleta de 34 anos, atuou em 39 jogos e foi campeão do Campeonato Brasileiro, Libertadores da América, Supercopa do Brasil, Taça Guanabara e Recopa Sul-Americana.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *