Globo emite comunicado e se posiciona sobre acordo de transmissão do Carioca com o Flamengo

FOTO: FERNANDO FREIRE

Nesta terça-feira (16), após a reunião arbitral da FERJ que permitiu o retorno do Carioca, a Globo emitiu um comunicado e se posicionou sobre negociações com o Flamengo para acordo de transmissão do campeonato. Em nota, a emissora destacou a rejeição do Mais Querido à proposta apresentada, mas ressaltou a ‘confiança’ nas tratativas, que visam levar o futebol aos rubro-negros, considerando que as partidas serão disputadas com os portões fechados.

Caso a competição retorne ainda esta semana, o Flamengo entrará em campo na próxima quinta-feira (18), contra o Bangu. O Rubro-Negro já iniciou a preparação para o confronto e aguarda um último ‘ok’ para voltar aos gramados.


Não perca tempo, peça a nova camisa 2 do Flamengo!


Confira a nota na íntegra:

“Mesmo ainda sem clareza de quando o Campeonato Carioca volta aos campos, a Globo e Flamengo vêm tentando desde o mês passado chegar num acordo para a transmissão dos jogos restantes do clube no Estadual. No Carioca 2020 só tivemos uma exibição do Flamengo no jogo contra a Portuguesa, já sem público antes da paralisação, quando fizemos uma permuta de direitos, sem custos envolvidos, em que Globo e Flamengo ofereceram a partida gratuitamente em suas plataformas digitais.

Desta vez, considerando o propósito mais amplo do que está sendo negociado e, principalmente, pela manifesta expectativa do Flamengo por um pagamento de direitos, a Globo evoluiu a proposta para um acordo financeiro para a exibição das partidas na TV aberta e PPV. Um grande esforço para a Globo, com o objetivo de oferecer ao torcedor flamenguista e carioca a possibilidade de acompanhar os jogos e atender expectativas do clube.

A proposta foi rejeitada pelo clube, exercendo seu legítimo direito de gerir seus ativos. Da mesma forma, a Globo avaliou as alternativas apresentadas pelo Flamengo. Ainda estamos longe de um acordo, mas seguimos confiantes que o clube verá o nosso esforço, nesse momento de dificuldade financeira para todo o mercado, em tentar levar os jogos para os rubro-negros ávidos por ver seu time em campo.”

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *