Jorge Jesus comenta pausa do futebol brasileiro e lamenta: “O Flamengo estava no caminho certo para hegemonia”

FOTO: DIVULGAÇÃO/FLAMENGO

Antes do futebol brasileiro ser paralisado em 2020 devido à pandemia mundial causada pela Covid-19, o Flamengo seguia mostrando sua força. Antes da suspensão da modalidade, o Mais Querido conquistou mais três títulos: Supercopa do Brasil, Taça Guanabara e Recopa Sul-Americana. Desse modo, a equipe comandada por Jorge Jesus caminhava para mais uma temporada dos sonhos.

Para o treinador português, o Rubro-Negro estava no caminho certo para atingir uma hegemonia no cenário do futebol brasileiro. Em participação na live beneficente organizada pelo Mais Querido no último domingo (15), Mister deixou claro que acredita que o tempo sem jogar e competir, possa ter tirado um pouco do entusiasmo do Flamengo. Para ele, isso pode atrapalhar um pouco o processo de hegemonia que o Mais Querido vinha conquistando.

O Flamengo estava no caminho certo para uma hegemonia no futebol brasileiro, não tenho dúvidas. Essa pandemia foi muito ruim. Ela tirou o entusiasmo do Flamengo, por exemplo. E isso pode fazer a diferença na hora de ser hegemônico -, declarou.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Recentemente, Jorge Jesus e Flamengo chegaram a um acordo de renovação de contrato. O próprio técnico anunciou sua permanência no comando do Rubro-Negro por mais um ano. Com isso, o novo vínculo entre o técnico e o clube vai até junho de 2021. Com o “fico” de Jesus, o Mais Querido quebrou um jejum de seis anos sem renovar com um treinador.

O último técnico que havia tido o seu vínculo estendido com o Flamengo, foi Vanderlei Luxemburgo, em 2014. Uma vez que em 2016, quando o elenco rubro-negro era comandado por Zé Ricardo (efetivado das categorias de base, à época) a situação não pode ser considerada, pois havia uma cláusula de renovação automática entre as partes em caso de satisfação mútua.

Veja também