Romário relembra troca do Barcelona pelo Flamengo e garante: “Minha felicidade valia mais do que a parte financeira”

FOTO: GAZETA PRESS

No dia 10 de janeiro de 1995, Romário causou alvoroço no cenário esportivo ao anunciar que estava trocando o Barcelona pelo Flamengo. Em entrevista ao quadro ‘Tino Marcos Uchôa’, do GloboEsporte.com, o craque relembrou deste momento e contou o motivo que o fez trocar a Europa pelo Brasil há 25 anos (mais especificamente, pelo Rio de Janeiro). O ‘Baixinho’ disse que, na ocasião, sua felicidade valia mais do que a parte financeira. Questionado sobre ter se arrependido, Romário disse que faria tudo de novo.

Não me arrependo nem um pouco. Faria de novo. O que aconteceu foi o seguinte: eu não tinha só um ano meio na Europa. As pessoas visam muito o Barcelona, naquela época eu jogava há um ano e meio no Barcelona. Mas eu já estava há cinco anos e meio, num total de praticamente 7 anos. E depois da Copa do Mundo, quando eu cheguei no Rio – inclusive cheguei atrasado no barcelona depois, porque me empolguei aqui com as comemorações – eu cheguei a conclusão de que era hora de voltar para jogar no Rio de Janeiro, no Brasil – disse antes de prosseguir:

Para estar de novo perto dos meus filhos, dos meus pais, dos meus irmãos e meus amigos. E principalmente da minha praia. E eu decidi que valia mais a minha felicidade naquele momento do que a parte financeira. E ‘vim amarradão’ e acho que cumpri a minha missão – finalizou.


Aproveite a oferta e garanta o novo Manto Sagrado do Mengão!


Pelo Flamengo, Romário atuou em 240 partidas e balançou as redes adversárias em 204 oportunidades. Além disso, o craque coleciona títulos vestindo o Manto Sagrado. Entre os oficiais, ou seja, reconhecidos pela Federação Internacional de Futebol (FIBA), são: Taça Guanabara (1995, 1996 e 1999), Copa Ouro (1996), Campeonato Carioca (1996 e 1999), Taça Rio (1996) e Copa Mercosul (1999).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *