Sem apoio, presidente do Fluminense deixa grupo de Whatsapp com representantes dos clubes e da Ferj

FOTO: NELSON PEREZ / FLUMINENSE

Por: Isabelle Costa

O retorno do Campeonato Carioca começou a ganhar forma. Após a prefeitura liberar atividades nos centros de treinamentos, clubes têm retomado à rotina de trabalho gradualmente, e a projeção é de que a bola volte a rolar pelo estadual ainda em junho. Apesar disso, nem todos estão satisfeitos com o caminho que tem sido tomado. Esse é o caso de Mario Bittencourt, presidente do Fluminense, que deixou o grupo de Whatsapp com representantes de clubes e da Ferj.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Desde o início da pandemia, o grupo foi criado para discussões sobre protocolos, práticas e decisões conjuntas para o futuro do futebol carioca. Até então, representantes de diversas equipes vinham se mostrando satisfeitos com as conversas e debates protagonizados no espaço virtual. Contudo, irritado com a situação, o mandatário tricolor abriu mão do recurso e não faz mais parte da comunidade. A reportagem tentou entrar em contato com Mário Bittencourt, mas não obteve nenhuma resposta até o momento.

Com um posicionamento similar ao do Fluminense no início, o Botafogo tem apresentado uma postura mais flexível ao retorno do Campeonato Carioca. Em contato com a reportagem do Coluna do Fla, o dirigente do clube Alvinegro, Carlos Augusto Montenegro revelou que o planejamento é que os treinamentos retornem à partir do dia 15 de junho.

Do outro lado, o Flamengo e Vasco se cercam com todas as medidas para que o retorno do Campeonato Carioca possa acontecer o mais rápido possível. O clube Rubro-Negro realizou uma nova bateria de exames nos jogadores, comissão técnica e funcionários do Departamento de Futebol nesta segunda-feira (01), e todos os testes deram negativo para o novo coronavírus. Os atletas da equipe cruzmaltina também foram submetidos à avaliações para Covid-19 nesta semana, e 19 jogadores testaram positivo para a doença. Entre os 19, três atletas já se recuperaram e outros 16 jogadores encontram-se isolados.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *