Vice do Flamengo revela brigas por conta de Abel, contesta escalações e dispara: “A gente achava que estava de sacanagem”

FOTO: DIVULGAÇÃO

Abel Braga deixou o comando do Flamengo na metade de 2019 após uma enorme pressão da torcida e dirigentes. Em entrevista ao “Canal Ser Flamengo”, o vice-presidente de relações externas do rubro-negro carioca, Luiz Eduardo Baptista, o Bap, afirmou ter um carinho grande pelo comandante, porém atacou a postura adotada enquanto estava à frente da equipe. Na visão do dirigente, não foi achado um padrão técnico e tático do time. Além disso, Bap reprovou as declarações de Abel nas entrevistas coletivas após as eventuais derrotas.


Aproveite a oferta e garanta o novo Manto Sagrado do Mengão!


— Eu tenho um carinho pelo Abel (Braga), eu gosto dele como pessoa. Eu acho, na minha opinião, que ele teve uma perda importante na vida dele, que eu espero que nenhum de nós passe por isso. Respeito muito o problema que ele passou. Eu e Landim conversamos muito com ele antes de acertar. O Abel estava com muito ‘tesão’ pra voltar (dirigir um time). Nós falamos pra ele que queríamos ganhar tudo, e ele, na época, afirmou que isso era muito difícil. Falamos também que era função dele avaliar o dia-a-dia do time para pedir as ferramentas necessárias para conquistar todos os títulos que queríamos. 

— Já durante a passagem dele, chegamos e falamos que ele se explicava demais quando perdia um jogo. Mas chega numa fase da vida, que algumas pessoas têm mais dificuldade de aceitarem críticas ou de aprenderem. Matematicamente, nos últimos 10 anos, só o Jorge Jesus apresentou uma performance melhor do que o Abel, mas as declarações dele criaram uma situação de loucura. Além disso, ele não encontrou um padrão técnico e tático para a equipe, não soube colocar os jogadores certos para jogar. Houve um momento, que a gente achava e discutia, que ele deveria estar de sacanagem. A gente pensava, ou ele bebeu, ou estava drogado, não entendíamos o que estava acontecendo. Falar que o Beira Rio é mais bonito do que o Maracanã, que perder paro Atlético-MG era normal, com o time jogando mal … Ele estava pedindo uma saída.

À frente do Flamengo, Abel Braga conquistou o Campeonato Carioca de 2019, totalizando 28 jogos, com 18 vitórias, 6 empates e 4 derrotas. Com 54 gols marcados pela equipe a favor e 24 sofridos, tendo um aproveitamento de 64%. No entanto, as atuações não agradaram boa parte da torcida rubro-negra. Pressionado, o treinador pediu demissão em maio do ano passado.

ASSISTA AO VÍDEO NA ÍNTEGRA:

 

 

 

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *