Flamengo completa dez dias sem treinador; faltam menos de duas semanas para estreia no Brasileirão

FOTO: MARCELO CORTES / FLAMENGO

Jorge Jesus marcou época no Flamengo. O treinador ficou no Rubro-Negro pouco mais de um ano, com apenas quatro derrotas e cinco títulos: Campeonato Carioca, Supercopa do Brasil, Campeonato Brasileiro, Libertadores da América e Recopa Sul-Americana. Porém, o Mister, como gosta de ser chamado, aceitou a proposta do Benfica e se despediu do time carioca no dia 17 de julho. Ou seja, nesta segunda-feira (27), o Fla completa dez dias sem técnico.

Os dirigentes do Flamengo estão entrevistando uma série de treinadores na Europa, com o intuito de escolher a melhor opção para ser o sucessor de Jorge Jesus. Com paciência, Marcos Braz e Bruno Spindel, vice-presidente de futebol e diretor-executivo do clube, respectivamente, mantêm a calma, mesmo faltando 13 dias para a estreia do Fla no Campeonato Brasileiro.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Por enquanto, Maurício Souza, do sub-20, é quem está treinando a equipe, visando o primeiro jogo do Flamengo no Brasileirão, no dia 09 de agosto, contra o Atlético-MG. O duelo será disputado no Maracanã e terá início às 16h (horário de Brasília). Embora a estreia na competição nacional se aproxime, não há prazo para a definição do novo treinador.

Isso porque, Marcos Braz e Bruno Spindel ainda vão se reunir com técnicos em Portugal. Carlos Carvalhal, ex-Rio Ave, e Leonardo Jardim, ex-Mônaco, são os favoritos e devem conversar com os dirigentes nesta segunda-feira (27). Os treinadores passam por uma espécie de entrevista de emprego, com o intuito de selecionar a melhor opção para manter ou, até mesmo, aperfeiçoar o estilo de jogo implementado por Jorge Jesus no Rubro-Negro.

Após entrevistar todos os treinadores selecionados, o Flamengo deve retomar contato apenas com o escolhido, no intuito de intensificar as tratativas. Ainda não há definição de quem será este técnico, mas a tendência é que as negociações tenham um desfecho ainda nesta semana, dando ao novo comandante, pelo menos, sete dias no comando do time rubro-negro antes da estreia no Campeonato Brasileiro.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *