“No grito não vai levar”, garante dirigente do Flamengo após discussão com treinador do Fluminense

Os ânimos se exaltaram após o primeiro jogo da final do Campeonato Carioca, entre Flamengo e Fluminense. Ao final da partida, com a expulsão de Gabigol e o encerramento do jogo antes do fim dos acréscimos, membros da comissão técnica invadiram o campo e uma confusão ocorreu entre Odair Hellmann, treinador do Fluminense, e João de Deus, auxiliar do Mais Querido. Após a discussão, na saída do campo, foi a vez do dirigente do Rubro-Negro, Cacau Cotta, discutir com o técnico do Tricolor.

O vice-presidente de relações externas do Flamengo estava nas arquibancadas e, com gritos, rebateu falas de Odair Hellmann na saída do gramado. “No grito não vai levar. Todo jogo arruma confusão com alguém. Faz parte da função de treinador?” -, disse Cacau Cotta, conforme divulgado pelo jornalista Venê Casagrande. A reportagem do Coluna o Fla tentou contato com o dirigente, mas não obteve retorno.


Não perca tempo, peça a nova camisa 2 do Flamengo!


O primeiro jogo da final terminou com vitória o Flamengo por 2×1 e, para garantir o título na partida de volta, o Rubro-Nero tem a vantagem do empate. As equipes vão se enfrentar novamente na próxima quarta-feira (15), no Maracanã, às 21h30 (horário de Brasília). A decisão do Campeonato Carioca será transmitida pelo SBT, a partir das 20h45 (de Brasília).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *