Ao contrário da CBF, Conmebol rechaça ideia de deixar jogadores com Covid-19 atuarem na Libertadores

FOTO: ERNESTO BENAVIDES/AFP

Na noite da última quarta-feira (12), o Flamengo enfrentou o Atlético-GO, em Goiânia, e amargurou uma derrota por 3 a 0 na segunda rodada do Campeonato Brasileiro. No entanto, o que chamou a atenção desde antes da partida, foi o fato da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ter liberado quatro atletas que haviam testado positivo para Covid-19, entrarem em campo. De acordo com o colunista Marcel Rizzo, do Uol Esporte, todavia, esta prática não será aceita pela Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol).

Segundo o jornalista, a ideia da entidade é manter em seu protocolo médico, que um jogador que testar positivo para o novo coronavírus no teste ‘PCR’ (exame feito com retirada de material da garganta e do nariz e que detecta se o vírus está presente naquele momento), não poderá entrar em campo pela Libertadores da América ou pela Sul-Americana. Em contrapartida, a CBF adotou a medida que um jogador poderá atuar mesmo se testar positivo para a doença, caso a sua contaminação tenha ocorrido dez dias antes da partida.

A confederação, entretanto, se baseia na norma do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, que trabalha com a ideia de que após um exame PCR positivo e o isolamento de dez dias, é suficiente para que o “paciente” não seja mais um possível transmissor do vírus. Foi isso que o Atlético-GO alegou quando entrou com o recurso pedindo a liberação de seus atletas. A partir disto, a CBF resolveu adotar a medida em seu protocolo de segurança.

Conforme as informações do colunista, O protocolo da Conmebol é ainda mais rígido e prevê que qualquer jogador que testar positivo pelo PCR, além de não poder jogar as partidas oficiais, terá que ser afastado também dos treinamentos de sua equipe. A entidade, ademais, não tem pretensão de modificar seu protocolo médico, uma vez que para isso, é necessária a aprovação de dez confederações. Como cada país tem tratado o surto pandêmico de uma maneira (uns com mais rigor, outros com mais liberdade), fica difícil chegar em um consenso.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Após sofrer a segunda derrota no Brasileirão, o Flamengo, de Domènec Torrent, volta a entrar em campo no próximo sábado (15), às 19h30 (horário de Brasília), no estádio Couto Pereira. A partida, válida pela terceira rodada do campeonato nacional, terá transmissão exclusiva do Premiere uma vez que o Grupo Globo conseguiu – na justiça – uma liminar para impedir que a Turner exibisse o duelo através do canal TNT.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *