Após passagem frustrante, Silas se diz arrependido por ter aceitado trabalhar no Flamengo em 2010

Contratado para assumir o Flamengo em agosto do conturbado ano de 2010, Silas teve uma passagem negativa pelo clube. Em dez jogos no comando do Mais Querido, o técnico e ex-jogador teve retrospecto de três derrotas, seis empates, uma vitória e um aproveitamento de 30%. Em entrevista ao programa Os Canalhas, do UOL, com os jornalistas João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana, Silas falou sobre o arrependimento de ter aceitado a proposta do Flamengo.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


“O Zico me chamou para ir para o Flamengo. Eu ia falar não para o Zico? Eu falando com o Jorginho no telefone, o Jorginho falou para mim ‘Silas, o Zico te ligou e tal?’. Eu falei ‘Jorge, o Zico está aqui em casa, porque o Jorge também tinha chance de ir para o Flamengo’. E aí fui, mas foi uma decisão errada. É também aprender a falar não”, afirma Silas. 

Antes de chegar à Gávea, Silas treinou o Grêmio no mesmo ano. Na temporada anterior, 2009, que terminou com o Flamengo como hexacampeão brasileiro, Silas impressionou ao comandar o Avaí e terminar o Brasileirão na sexta colocação. Na entrevista, Silas falou mais sobre sua passagem pelo Fla e explicou que os problemas vividos pelo clube na época, o atrapalharam.

“O Bruno tinha acabado de ser preso, o Adriano Imperador tinha saído, o Vagner Love tinha saído, desarmou o time. Estavam devendo muita grana, trouxeram dois jogadores lá da Turquia, brasileiros, o Deivid e o outro eu esqueci o nome dele (Diogo). Pagando fortuna para os caras e devendo para os outros jogadores que estavam no clube, quer dizer, eu cheguei num contexto que não tinha nada que ver comigo. Eu tinha que sair do Grêmio e ir para o Coritiba, para o Sport, para o Bahia, rodar os clubes médios e depois ir subindo devagarzinho, então foi um erro que eu cometi”.

Silas foi demitido após um empate em 1×1 contra o Botafogo no Engenhão. O sucessor dele, foi Vanderlei Luxemburgo, que conseguiu livrar o Flamengo da briga contra o rebaixamento em uma das piores temporadas da história do Mais Querido. Atualmente, Silas não exerce a função de treinador e é comentarista dos canais ESPN.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Sinceramente não imaginava que o Silas fosse tão idiota.
    Deve estar sendo contaminado com seus amiguinhos comentaristas, que viram DEUS, quando estão comentando de futebol.
    Eles nos programas, são superiores ao Guardiola.
    Silas, sua carreira foi maravilhosa. Você, assim como seu irmão, foram craques de bola, por isso, não manchem sua história por palavras mal colocadas.
    DEUS nos deu uma boca e dois ouvidos, que é para escutarmos mais, e falarmos menos.

  • Se ele está arrependido, imagina o Flamengo!

  • Tantos anos depois, 10 anos e ainda está falando da passagem que ele teve no Flamento. Ele quer aparecer através do flamengo para tentar conseguir um emprego. O flamengo está na moda.

  • Onde é que a Coluna do Flamengo foi achar esse cidadão? Ele ainda trabalha no futebol? Onde foi que ele apareceu pela última vez?