Má condição física já havia sido alertada por Jorge Jesus após conquista do Campeonato Carioca

Após o início negativo da equipe no Brasileirão, o técnico rubro negro Domènec Torrent se queixou da forma física do elenco Rubro Negro. A situação levantada pelo catalão já havia sido colocada em questão pelo seu antecessor Jorge Jesus, há quase um mês no dia 15 de julho, quando o Flamengo conquistou o 36° Campeonato Carioca de sua história. Em entrevista à Fla TV, o técnico português comemorou o título, mas revelou que os jogadores estavam muito longe da forma física demonstrada em 2019 ou mesmo no começo deste ano antes da paralisação do futebol por causa da pandemia do novo Coronavírus.

– O time tem que melhorar. A equipe ainda não atingiu os níveis do ano passado. Há jogadores que não estão na mesma forma física, os quatro “avançados”: Arrascaeta, Everton, o Gabi e o Bruno Henrique são jogadores que não estão nem mais ou menos daquilo que estavam no ano passado.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Com a parte física e de ritmo de jogo preocupando, o Flamengo vai precisar recuperar a forma dentro de campo. Já no próximo sábado (15) o Mais Querido viaja ao Paraná, onde o vai enfrentar o Coritiba pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro

Confira o trecho da entrevista de Jorge Jesus:

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Felipe Nogueira, perfeito! A torcida modinha voltou. São incapazes de fazer uma avaliação fria dos fatos.
    Não existe esquema tático que resista a um mau condicionamento físico + uma má fase técnica (andam juntos).
    Arrascaeta, Éverton Ribeiro e Gabigol estão gordos!
    Felipe Luiz, Gerson e Rafinha estão sem forças nas pernas. A zaga está ficando vendida.
    Essa falta de forças para agir explica em parte o desequilíbrio emocional do Diego Alves.

    Não tem nada a ver com o técnico. Se fosse o Guardiola ou o Klop a situação seria a mesma. Os portugueses fizeram um ótimo trabalho em 2019, mas deixaram o clube num estado de TERRA ARRASADA! Tem que reconstruir tudo.

  • Isso mesmo Felipe Nogueira, falou tudo… torcida modinha, em nada acrescentam os comentários ridículos de que o técnico é o culpado. Jogadores lentos, sem vontade, sem ritmo, achando que vão ganhar no peso da camisa… esquece… tem que trabalhar muito e foi justamente isso que o JJ fez, TRABALHO.
    Acredito que ainda vamos sofrer em mais uns 2 jogos até os caras conseguirem condicionamento físico decente.
    Ontem no intervalo o ER7 estava visivelmente esgotado… Felipe Luis no final idem…
    E mérito para o Atlético GO, os caras dando entrevista pareciam que estavam em melhores condições… é isso…

  • Nem condição física, muito menos padrão de jogo.

  • Nem condição física, muito menos padrão de jogo.

  • Torcida modinha! O time já estava jogando mal antes do Domenec chegar e quer culpar o cara por todo desastre. O esquema tático do JJ já era um risco para a defesa, agora com esses jogadores pesados e lentos do jeito que estão, virou suicídio. Tem que mexer mesmo! Mas nem reforçando com três defensores deu jeito. Domenec vai encontrar um jeito para arrumar o time. É ter paciência. Em qualquer time do mundo, a mudança de treinador abala mesmo, até se adaptar à filosofia do treinador. Foi assim com a chegada de JJ. Calma aí rapaziada! Será que não aprendem?

  • Estamos fudidos com esse técnico, infelizmente escolheram mal ! Se perder mais umas 3 ja era o brasileiro……. Tem que tomar uma atitude emquanto é tempo. Não tem nada a ver com o problema físico. O time não marca mais, virou bagunça. O cara não tem pulso, ele não tem controle sobre os jogadores.