Rodolfo Landim explica saída de Jorge Jesus do Flamengo: “O sonho dele era aposentar no Benfica”

FOTO: THIAGO RIBEIRO / AGIF

Jorge Jesus marcou época no Flamengo. O treinador ficou 13 meses no clube, com apenas quatro derrotas e cinco títulos conquistados: Campeonato Carioca, Supercopa do Brasil, Campeonato Brasileiro, Libertadores da América e Recopa Sul-Americana. Porém, após renovar em junho o vinculo com o Rubro-Negro, no dia 17 de julho ele comunicou que aceitou a proposta do Benfica e se despediu do Mais Querido. Rodolfo Landim, presidente do Fla, falou sobre o tema.

 

Não é segredo para ninguém que o Flamengo não esperava pela saída do treinador. Não somente pelo fato dele ter recém-renovado o vinculo, mas também por conta de o técnico não ter dado satisfação aos dirigentes rubro-negros, que sempre tiveram uma boa relação com o Mister. Em entrevista à ESPN, Roldofo Landim revelou que JJ admitiu ter o sonho de se aposentar no Benfica, por conta de ser o clube que mais ganhou títulos, além da ótima relação com o mandatário benfiquista, Luis Filipe Vieira.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Na verdade, a gente não tinha expectativa de fato que o Jesus fosse sair. Ele falou para mim no jantar de despedida que o sonho dele era aposentar no Benfica, que não foi o clube que o lançou, mas foi o clube que na verdade ele se envolveu mais, que ele ficou mais famoso -, disse, antes de completar:

Ele tem uma relação emotiva forte não só com o clube, mas com o presidente… e o contrato que ofereceram para ele permitia a ele chegar aos 60 anos treinando o Benfica, que é a idade que ele havia planejado ser a aposentadoria dele e que ele queria se aposentar no Benfica -, encerrou o presidente.

O Flamengo ficou exatos 14 dias sem treinador. Nesta sexta-feira (31), o Rubro-Negro anunciou Domènec Torrent como sucessor de Jorge Jesus. “Dome“, como gosta de ser chamado, desembarca por volta das 5h40 (horário de Brasília) de segunda-feira (03) no Rio de Janeiro. O novo técnico terá uma semana de treinos até a estreia do time no Campeonato Brasileiro, contra o Atlético-MG, no Maracanã, às 16h (horário de Brasília). Com ele, chegam Jordi Guerrero, auxiliar-técnico, Jordi Gris, analista de desempenho, e um preparador físico, este ainda não fora definido.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *