CBF envia ao STJD denúncias por quebra de protocolo de segurança; Flamengo tem cinco relatos

FOTO: DIVULGAÇÃO

Devido à pandemia da Covid-19, o futebol brasileiro ficou paralisado por cerca de três meses. A volta, gradual, começou com os Campeonatos Estaduais. Entretanto, o calendário retornou de fato com o Campeonato Brasileiro. Para que a bola voltasse a rolar foi estabelecido protocolos de segurança. No entanto, de acordo com a Band, a Diretoria de Competições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) encaminhou um documento ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva com algumas denúncias de infração por quebra do protocolo de combate ao novo coronavírus.

Ainda de acordo com a Band, 36 denúncias foram encaminhadas e englobam dezoito clubes da Série A do Brasileirão e três equipes da Série B. Todos os clubes serão denunciados e a pena prevista é uma multa que pode variar de R$ 100 a R$ 100 mil.


Apoie o Mengão! Camisa e outros produtos oficiais em promoção


Dentre todos os relatos, o Flamengo está envolvido em cinco episódios. As principais práticas que estão sendo consideradas quebra de protocolo são: falta de uso de máscara, troca de camisa, uso indevido do gramado após a partida e entre outras coisas.

Confira abaixo todas queixas que envolvem o Flamengo:

  • 126 – Bahia x Flamengo (2/9) – Bahia: troca de camisas entre atletas após o fim do jogo. Contrariando o que determina o artigo 9, ítem D.
  • 127 – Bahia x Flamengo (2/9) – Flamengo: troca de camisas entre atletas e após o fim da partida o elenco do Flamengo realizou atividades e não observou as orientações contidas no Ofício DCO 1754/2020, quanto à preservação do campo de jogo.
  • 133 – Flamengo x Fortaleza (5/9) – Os atletas Suplentes da equipe do CR Flamengo não respeitaram o distanciamento mínimo, mesmo após diversas abordagens. Após o final da partida, os atletas da equipe do CR Flamengo promoveram trocas de camisas, contrariando o que determina o arts. 7, item D e 9, item D, da Diretriz Técnica Operacional, respectivamente.
  • 146 – Fluminense x Flamengo (9/9) – Fluminense: Após o final da partida, os atletas das duas equipes trocaram camisas, contrariando o que determina o art. 9, item D, da Diretriz Técnica Operacional.
  • 147 – Fluminense x Flamengo (9/9) – Flamengo: Após o final da partida, os atletas das duas equipes trocaram camisas, contrariando o que determina o art. 9, item D, da Diretriz Técnica Operacional.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • CBF = LIXO, STJT = ESTRUME, OS DOIS VAO TOMA NO C……

  • FAZEMOS DESBLOQUEIIO DOS CANAIS PREMIERE, TELECINE, HBO, COMBATE E CANAIS ADULTOS PARA ASSINANTES DE TV POR ASSINATURA DE QUALQUER LUGAR DO BRASIL E TAMBEM REDUZIMOS O VALOR DA FATURA.
    SÓ PAGA DEPOIS QUE O SERVIÇO FOR FEITO..
    WHATSAP 11.957540287

  • A CBF está fazendo aquela famosa operação “caça níquel”, ela tem sempre que arranjar algum dinheiro dos clubes, principalmente do Flamengo. Êta paulistada capitalista !